“Eu venho para ser protagonista do time, não individualmente, mas sim para ajudar a equipe. O que mais me preocupa é ajudar”. Foram com estas palavras que o atacante Eduardo Vargas resumiu seu objetivo no Atlético. Apresentado nessa quarta (11), o 11º reforço da Era Sampaoli no alvinegro foi sabatinado pela imprensa, por meio de entrevista remota.

Sobre a relação com o treinador argentino, com quem trabalhou na La U e também na seleção chilena, Vargas descreveu ser a melhor possível. Com o comandante, ele fez 87 partidas e marcou 53 gols.

“A nossa relação é muito boa. Ele tirou o melhor de mim como jogador e como pessoa também. Eu falei com ele, ele me queria aqui. Ele me dá confiança. Estou à disposição dele, do time. Vou dar o melhor de mim”, destacou Vargas, que escolheu vestir a camisa 10.

“Eu com Sampaoli não joguei de 9. Ele tinha outros nomes na Universidad de Chile e ele tirou o melhor de mim jogando pela ponta esquerda ou direita. Agora, não sei como ele vai me botar para jogar. Mas onde ele me botar, vou dar meu melhor”, acrescentou.

Louco para estrear pelo Atlético, o atacante de 30 anos espera que isso aconteça já no sábado (14), quando os mineiros encaram o Corinthians na Neo Química Arena. Para ele, o pouco tempo de treino com o grupo atleticano não vai atrapalhar no seu debute.

“Não sei se defeito, mas sou novo aqui, estou conhecendo meus companheiros. Eu já conversei com o pessoal do Atlético, estava acompanhando os jogos do Atlético. Já conheço muitos jogadores. Acho que não terá problemas”, finalizou.

Fonte: Hoje em Dia

Comentários
COMPATILHAR: