Na próxima sexta-feira (30), às 13h, encerra-se a segunda edição da colônia de férias do Centro de Referência da Assistência Social (Cras I), no bairro Rosário, em parceria com a Secretaria de Desenvolvimento Humano. Nesta edição, a colônia conta com o apoio de 20 profissionais, entre eles funcionários do Cras, estagiários do curso de serviço social do Unifor-MG e voluntários.
Estão participando da colônia 110 crianças na faixa etária de 6 a 16 anos dos seguintes bairros Cidade Nova, Lajinha, Rosário, Padre Remaclo, Quartéis, Engenho de Serra, José Balbino, São Cristovão e Santa Luzia.
As crianças foram divididas em quatro grupos, cada um com a supervisão de cinco profissionais, que supervisionam as atividades e as desenvolvem em seus devidos horários, para já passarem às crianças e adolescentes ?uma certa noção de responsabilidade?.
Segundo a coordenadora do Cras I, Juliana Guimarães Morais, o objetivo da colônia de férias é oferecer lazer diversão e tirar as crianças e adolescentes das ruas, evitando o envolvimento com a criminalidade.
Nesta terça-feira (27), houve um trabalho em conjunto com a Polícia Militar, quando policiais ministraram uma palestra alertado sobre os perigos do envolvimento com drogas e sobre a violência.
A colônia de férias é uma forma de proporcionar brincadeiras, divertimento e muita alegria e também preparar as crianças e adolescentes para o futuro, pois a maioria dos participantes é oriunda de bairros que têm altos índices de violência e tráfico de drogas.

Comentários
COMPATILHAR: