Para tentar dissolver os boatos de que o proprietário da Prumo Engenharia, Osmar Vaz, seria pré-candidato a prefeito pelo Partido Progressista (PP), o presidente da legenda, Walter Arantes, procurou a redação do jornal Nova Imprensa e do portal Últimas Notícias para colocar definitivamente um ponto final na boataria.
Walter Arantes foi categórico em dizer que Osmar Vaz não é mais pré-candidato a prefeito. A desistência da candidatura foi confirmada por Osmar Vaz ao presidente do PP em conversa por telefone no início desta semana, já que o empresário está em viagem pela Europa. Até na semana passada, a pré-candidatura de Osmar era considerada como certa pelo Partido Progressista. ?Acho que é mais do que uma obrigação minha de esclarecer ao povo sobre essa decisão do Osmar Vaz, porque o nome dele foi bem aceito na sociedade e havia uma expectativa boa em relação à sua candidatura. Acho que tenho por obrigação trazer essa notícia apesar de pesaroso?, disse em entrevista.
Segundo o presidente do PP, a desistência da pré-candidatura de Osmar Vaz se deve a motivos profissionais do empresário. Walter Arantes explicou que o proprietário da Prumo está ampliando os seus negócios e ficaria inviável conciliar os compromissos políticos com os empresariais. ?Ele gostaria muito de dar essa colaboração para a nossa cidade, gostaria de prestar esse serviço como prefeito, um método que ele tem como gratidão à nossa cidade, mas infelizmente não será desta vez, provavelmente, mais para frente ele vai pensar sobre o assunto, pois ele gosta de política, ele já foi vice-prefeito do Juarez Carvalho. Ele sabe como funciona, sabe como precisa ser feito e como administrar a nossa cidade. Talvez, na próxima eleição, a gente volte a conversar?, ressaltou.
Descartada de vez a participação de Osmar Vaz nas eleições deste ano, o Partido Progressista tentará emplacar outros nomes de peso para disputarem a corrida eleitoral para prefeito. Durante a entrevista, Walter Arantes citou os nomes dos possíveis pré-candidatos: o ex-prefeito Juarez Carvalho, o engenheiro Mauri de Castro, Márcio de Castro (Gato), Carlinhos Lamounier, Ronaldo Borges (Ronaldo do Posto Planalto) e o médico Geraldo Couto.
O Partido Progressista terá que tomar novos rumos com o cancelamento da candidatura de Osmar Vaz. A escolha do possível pré-candidato a prefeito poderá ser discutida na reunião executiva do partido prevista para ocorrer na próxima semana.
Alianças
Walter Arantes também falou que o diretório do PP está em conversações com outros partidos em busca de uma possível aliança. ?Existe a possibilidade de fazer alianças sim, pois o partido é forte e tem cerca de 800 filiados em Formiga, talvez seja o partido que tenha mais filiados. O partido tem que ocupar algum espaço, então temos que tentar fazer alguma coisa?, explicou.
Mas a tentativa de conseguir alianças partidárias parece enfrentar algumas dificuldades, segundo contou o presidente do Partido Progressista. Walter disse que as conversas entre os partidos estão emperradas, pois ninguém chega a um consenso de quem representará os partidos aliados como pré-candidato a prefeito. ?Essa união, essa aliança, não funciona, pois há a vaidade dos pré-candidatos, já temos aí três ou quatro nomes e não chegam a um consenso, alguns não querem abrir mão da pré-candidatura. É um direito de todos serem candidatos, vai ser uma eleição muito disputada, muito boa para Formiga?.
Vereadores
Vinte e dois nomes aparecem na lista de possíveis pré-candidatos a vereadores pelo PP, conforme informou o presidente Walter Arantes. Os nomes serão confirmados durante a reunião executiva do diretório do partido.
Expectativas
Para as eleições a prefeito deste ano, o presidente do PP ressaltou que espera que Formiga venha a ganhar independente do partido que for assumir o poder. ?O que esteja à frente da Prefeitura, que venha fazer o melhor possível para o povo e para a nossa cidade, isso é que eu quero. O poder municipal nunca agrada a todos, sempre tem alguém que reclama. Que Formiga tenha um bom prefeito, que traga boas condições para a nossa cidade?.
Walter Arantes acredita que, para chegar ao tão almejado cargo de prefeito, os candidatos terão que reunir antes de tudo carisma e contar também com um bom plano de investimento na campanha política. ?É preciso ter noção de tudo e ter respaldo político para conseguir ter sucesso nas urnas?, complementou.
O presidente do PP também disse que a organização entre os partidos aliados e a cumplicidade deles em busca de um único objetivo conduzirão o candidato a prefeito ao ambiente propício para obter sucesso nas eleições. ?Uma melhor estrutura é que vai oferecer ao candidato melhor chance para ser eleito. Temos vários partidos bons que estão na disputa?.
Disputa eleitoral
A corrida eleitoral rumo às eleições para prefeito ainda está caminhando a passos lentos. Fala-se muito a respeito dos possíveis candidatos, mas apenas cinco já oficializaram a pré-candidatura: Joice Alvarenga pelo PT, Eugênio Vilela pelo PV, Mauro César e Moacir Ribeiro pelo PMDB e Sheldon Almeida pelo PSD.
O PSB havia lançado três nomes como pré-candidatos a prefeito de Formiga: o vereador Gonçalo Faria, o vice-prefeito Antônio Lamounier e o médico Concéssio Batista, porém, o presidente do partido, Elton da Costa, disse que, por enquanto, irão recuar da candidatura dos três integrantes do partido. ?De certa forma, estamos ponderando para abrir novas possibilidades e termos um prosseguimento na política. É preciso ter uma visão grande?, disse.

COMPATILHAR: