Na quarta-feira (23) aproximadamente 60 estudantes do 8º ano da Escola Estadual Padre José Sangalli, de Córrego Fundo, fizeram uma visita à Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) do município. A visita foi acompanhada pela chefe do departamento de Meio Ambiente da Prefeitura, Liliane Cristina Arantes.
A Estação de Tratamento fica em área rural de Córrego Fundo de baixo. Na ocasião, a chefe do departamento de Meio Ambiente explicou ao grupo de alunos como funciona o processo de tratamento do esgoto.
Segundo apresentou aos estudantes, o esgoto chega à ETE por gravidade e, através da estação elevatória, é levado à lagoa anaeróbica onde em média 50% da carga orgânica do esgoto é removida. Em seguida, passa à lagoa facultativa e, finalizada esta etapa, é devolvido aos córregos, segundo dados do Serviço Autônomo de Água e Esgoto (SAAE) com 93% de eficiência no tratamento. ?O restante, o córrego é que faz a autodepuração?, comentou Liliane.
Todas as fases de tratamento, até a devolução à natureza são feitas de forma natural, sem a aplicação de produtos químicos que podem contaminar os rios e solo.
Atualmente, os alunos estão estudando o tema ?Tratamento de água e esgoto?. Na visita, participaram também a professora Michele Bruna da Silva, a supervisora Liliane Cristina Silva e a auxiliar de secretaria, Yara de Faria Cândido. Ao final, foram feitas inúmeras perguntas sobre o processo.

Comentários
COMPATILHAR: