Um grupo de alunos da Escola estadual Dr. Abílio Machado (Polivalente) marcou presença, na semana passada, na 5ª Bienal do Livro de Minas Gerais, em Belo Horizonte.

Em uma oportunidade única, os 62 estudantes dos ensinos fundamental e médio puderam interagir com autores, ganharam autógrafos, brindes e o mais importante: respiraram cultura.

Além das atividades paralelas, tais como “Oficina de Mangá”, “Cantigas de Quintal”, os jovens puderam folhear livros, trocar ideias com os expositores, conhecer e comprar diversos estilos literários.

 

Outro ponto forte foi o espaço lúdico, onde figurantes se transformavam em personagens e circulavam no meio da multidão, aguçando a curiosidade e o despertar pela leitura.

Para os alunos o passeio foi de grande proveito. “A Bienal foi muito produtiva, tinha livros de ótima qualidade e uma ampla variedade. Conhecemos novos autores, novos lançamentos e sempre que tivermos oportunidades pretendemos voltar”, relataram os alunos do 1º ano.

Na oportunidade, a  diretora da instituição, Ana Paula Santiago fez várias aquisições de livros e coleções para a biblioteca da escola.

Realizado entre os dias 15 e 24 deste mês, o evento recebeu mais de 200 mil visitantes e contou com cerca de 160 expositores.

Bienal do Livro

A Bienal do Livro de Minas é o evento literário mais importante do estado. Durante dez dias, Belo Horizonte se torna a capital da cultura, da literatura e da educação. Nos espaços reservados às atrações, na Expominas – Centro de Feiras de Minas Gerais George Norman Kutova, o público pode participar de bate-papos com personalidades culturais e de atividades recreativas e lúdicas.

A “Bienal do Livro de Minas 2016” escolheu um patrono de peso, o mineiro Murilo Rubião, cujo centenário de nascimento é comemorado em 2016. É o autor de “O pirotécnico Zacarias”, publicado em 1974. Nos anos subsequentes, sua obra passou a ser vista como a mais significativa manifestação da literatura fantástica no Brasil. Rubião também foi o fundador do suplemento literário de Minas Gerais, que este ano completa 50 anos.

Comentários