Com a situação crítica em que a população de Formiga vive devido à falta de água, nesta sexta-feira (10), a redação do portal recebeu informações de que havia um vazamento em uma caixa d’água do Saae, de aproximadamente 15 mil litros.

O reservatório está instalado dentro do Cemitério Parque da Saudade, no bairro Cidade Nova.
De acordo com moradores do bairro, o problema persiste há seis meses e o vazamento ocorre diariamente. Os reclamantes garantem que Saae e Prefeitura já foram comunicados sobre o problema.
Apesar de estar dentro do cemitério, a caixa d?água não atende ao cemitério e sim à parte baixa do Cidade Nova.
O portal entrou em contato com a Secretaria de Comunicação, da Prefeitura e obteve a seguinte resposta da pasta: O Saae já recuperou caixas d’água em vários bairros, incluindo no Cidade Nova e no Morro do Picolé (responsável por abastecer diversos bairros). Essas caixas d’água apresentavam vazamentos havia anos. Agora, elas contam com um revestimento interno e externo, o que impede o desperdício.
Sobre a caixa no cemitério, o Saae foi comunicado nesta semana sobre o problema e está estudando formas de saná-lo. A intenção da autarquia é resolvê-lo o mais rápido possível.

Contradições
Apesar da nota enviada pela assessoria de comunicação da Prefeitura informar que o Saae foi comunicado sobre o vazamento apenas nessa semana, os moradores do bairro garantem que informaram a Prefeitura e a autarquia sobre o vazamento há cerca de seis meses, quando começou o problema.
Segundo dados publicados pelo próprio Saae, o abastecimento de água na cidade chegou em uma situação crítica. Em 10 dias, a vazão caiu de 187 litros/segundo para 90 litros/segundo (queda de 50%), o que leva a crer que se não chover nos próximos dias e a vazão continuar a reduzir nesse ritmo, em apenas 10 dias não haverá água suficiente para abastecer a cidade.

Comentários