Os funcionários, a direção e os voluntários do Asilo São Francisco de Assis estão desenvolvendo diversas ações para promover a transformação da entidade no ?Lar Francisco de Assis?, uma verdadeira casa de repouso para os idosos.
De acordo com o voluntário Márcio Rodrigues de Faria, uma das propostas é derrubar os muros do local, colocar telas malhadas tirando dos idosos a sensação de estarem presos. ?Pelo menos eles poderão ver as pessoas passando lá de fora. Não podemos permitir que eles apenas sobrevivam e sim lhes oferecer mais significado à suas vidas, mais amor, mais atenção e mais calor humano?, disse.
Márcio comentou que dentre as ações a serem desenvolvidas estão terapias ocupacionais; salão de beleza, aparelhar melhor os quartos, instituir uma sala de TV e vídeo, reorganizar o almoxarifado e outras. ?São coisas aparentemente simples que fazem a diferença para eles?, contou.
O voluntário informou ainda que trabalhos e oficinas de capacitação para os funcionários já estão sendo realizados com a psicóloga e administradora da entidade, Miris Zorkot. Um estudo foi feito pela enfermeira Ana Saviolli, que irá implementar novas ações diretamente com os funcionários.
Um outro projeto da entidade, porém a longo prazo, é a construção de uma nova sede. ?Queremos construir um lar de verdade, mais aconchegante, com casinhas em semi-círculo separadas do centro administrativo. Queremos uma verdadeira casa de repouso?, explicou Márcio.
Doações
Tendo em vista que a despesa do asilo é sistematicamente superior à receita e à necessidade de manter os idosos de forma mais digna, o Telemarketing da entidade está sendo reativado. ?O asilo necessita de doadores mensais, com qualquer quantia e ainda doações de equipamentos funcionais, alimentos, roupas de cama e banho, pessoais, móveis, materiais diversos, camas, colchões, cadeiras de roda e para banho, enfim, o que a pessoas puderem doar, será bem vindo?, disse o voluntário.
A direção da entidade esclarece que oferece toda a transparência necessária à comunidade. Para isso disponibiliza um balancete que será publicado oficialmente.
Na oportunidade, foi esclarecido que, o processo da herança deixada pelo Sr. Salim Kallas, que beneficia o Asilo São Francisco de Assis, dentre outras entidades, encontra-se em discussão judicial.
Interessados em serem parceiros do asilo podem se cadastrar pelos telefones 37 ? 3321 2466 e 37 ? 3322 1850.

COMPATILHAR: