Na noite de terça-feira, 06 de outubro, parte dos servidores que trabalham no Programa Saúde da Família assinaram o Pacto Municipal para Programa Estratégia de Saúde da Família, a exceção foram os Agentes Comunitários de Saúde. O chamado Pacto da Saúde foi construído em conjunto com médicos e dentistas da saúde da família, enfermeiros, Secretaria Municipal de Saúde, Secretaria de Governo, Procuradoria e Ministério Público da Comarca de Formiga.
Durante a reunião para a assinatura do Pacto, os representantes dos Agentes Comunitários, Marcos Lobato e Aparecida Mirtes, argumentaram que ficaram de fora da elaboração do documento e por isso não o assinariam. Segundo informou a secretária Municipal de Saúde, Luiza Flora, os agentes irão elaborar uma nova proposta para a categoria que será analisada por uma equipe da pasta.
A representante dos técnicos de enfermagem, Maria Aparecida Godin afirmou que a classe também não participou da elaboração do Pacto, mas que por acreditar na Lei, assinou o documento em nome dos demais.
Ainda segundo Luiza Flora, o Pacto da Saúde já está valendo e os direitos e deveres dos servidores serão fiscalizados.
Além da secretária de Saúde, estavam presentes o Chefe de Gabinete, Sheldon Almeida, o secretário adjunto de Saúde, José Tourinho, o Secretário de Comunicação Túlio Fonseca, representantes dos médicos, dentistas, enfermeiros, técnicos de enfermagem, auxiliares de consultório dentário e agentes comunitários, a Procuradora Municipal Sandra Micheline, os vereadores Gonçalo José de Faria e Mauro César, entre outros.
A Administração Municipal produziu 5 mil cartilhas com o conteúdo do Pacto da Saúde que será distribuída para a população.
Pacto da Saúde
O Pacto da Saúde foi uma solução encontrada pelo executivo, legislativo e servidores para resolver sobre a questão da carga horária e atendimento.
No documento foi elaborada uma proposta relativa a carga horária, mas também uma proposta de atendimento aos usuários do PSF, buscando sempre a melhoria e qualidade dos serviços.
As atividades desenvolvidas pelos Profissionais da Estratégia de Saúde da Família serão comprovadas através da Produção Mensal enviada sistematicamente para a Secretaria Municipal de Saúde, Setor de Faturamento, onde será avaliado o cumprimento da meta estabelecida no documento que será assinado para atendimentos individuais.
É importante lembrar que o Pacto está de acordo com as exigências do Ministério da Saúde e está sendo debatido com o Plano Diretor do Governo do Estado, que está em construção.

Comentários