A Associação Protetora dos Animais, Focinho Gelado, da cidade de Pains, convida  toda a população para uma manifestação contra a morte de cães e gatos, assim como maus tratos, envenenamento e abandono de animais que estão ocorrendo na cidade.

A mobilização será neste sábado (31), a partir das 9h30, na praça Tonico Rabelo, próximo à Prefeitura.

Um exemplo recente  de crueldade ocorreu na quarta-feira (28), quando um cão foi morto com golpes de facão.

No encontro, a associação irá informar aos moradores que matar, envenenar, mutilar, praticar qualquer ato de crueldade e maus tratos contra animais, é crime, passível de punição. Se possível, os participantes devem ir de branco.

Assassinato de cão

O crime contra o cachorro foi registrado pela Polícia Militar e denunciado pela associação.

De acordo com relatos, um homem de 47 anos se enfureceu e matou o cachorro após o animal entrar na propriedade dele.

O dono do animal mora nas proximidades do local e costumava andar com o cão solto pelas ruas, pois ele era de porte pequeno e não oferecia nenhum perigo.

Segundo informações da associação, uma mulher tentou impedi-lo de matar o cachorro, mas ele só parou de dar facadas quando o animal já estava agonizando.

A Polícia Militar foi chamada ao local e registrou a ocorrência. Em depoimento, o homem disse que matou porque o cão havia entrado na casa dele por causa de uma cachorra que está no cio. Já para testemunhas, ele disse que o cão havia comido a ração da cachorra dele.

 

Redação do Jornal Nova Imprensa

Comentários