O Atlético tem a chance de se recuperar de uma doída derrota no clássico, voltar a trilhar um bom caminho com confiança e acalmar os ânimos, evitando um cenário desastroso com muita cobrança e crise antes de uma estreia em Copa Libertadores e, de quebra, garantir o primeiro lugar da fase classificatória do Campeonato Mineiro.

Mesmo se tratando de uma equipe que venceu apenas uma partida no Estadual, luta desesperadamente contra o rebaixamento e estará no Módulo II do Estadual se for derrotada, o duelo deste domingo (18) com o Boa, às 16h no Mineirão, é de enorme importância para o Galo.

Afinal, um novo resultado negativo surpreendente, como foi contra o Cruzeiro, no último final de semana, atrapalharia demais o alvinegro e causaria uma crise antes da estreia na Libertadores. Já a confirmação do favoritismo com uma boa vitória, além de fazer a equipe de Cuca recuperar a confiança e acalmar os ânimos, mudaria o astral para o embate pela competição continental e daria vantagem ao alvinegro na fase final do Estadual.

Se triunfar no Gigante da Pampulha contra o Boa, o Atlético vai garantir a liderança da fase classificatória do Mineiro e a vantagem de jogar por dois empates no mata-mata, tanto na semifinal quanto na decisão. Do outro lado, o adversário, atual 11º colocado, com apenas cinco pontos, precisa vencer e torcer por tropeços de seus concorrentes diretos, Uberlândia e Patrocinense, para seguir com chances de evitar a queda. Até pela situação delicada vivida pelo Boa, o Galo não pode nem pensar em perder, precisa vencer e um novo revés provocaria muita cobrança e crise. A diferença técnica, de investimentos e resultados entre Galo e Boa é enorme.

Não à toa, ao contrário do que normalmente acontece antes de partidas pela Libertadores, existe a possibilidade de o técnico Cuca, ao invés de poupar seus titulares, usar a força máxima disponível contra o Boa, até como forma de preparar seu time e acertar a equipe antes do duelo com o Deportivo La Guaira-VEN, pelo torneio continental. As únicas baixas certas são Igor Rabello e Hulk, ambos suspensos nesta rodada do Estadual. E a importância de vencer o embate pelo Mineiro, até como forma de ganhar confiança para o jogo na Venezuela, é ressaltada pelo meio-campista.

Fonte: O Tempo Online

Comentários
COMPATILHAR: