Tabu de sete anos quebrado no Mineirão. O Atlético venceu o Botafogo por 2 a 1, neste domingo, e acabou com uma situação que já incomodava. O Galo não vencia a equipe carioca desde 2001. Neste período foram 14 jogos, com cinco empates e nove derrotas.
Os dois gols da equipe mineira no jogo foram marcados pelo zagueiro Leandro Almeida, de pênalti na primeira etapa, e de cabeça, na segunda. Os atleticanos chegam aos 41 pontos e sobem para o 12º lugar na tabela de classificação do Campeonato Brasileiro. O Galo ultrapassou o Santos , que perdeu para o Palmeiras.
O jogo
Os primeiros minutos de jogo indicavam que os botafoguenses manteriam o papel de carrascos do Atlético. Além do tempo sem vitórias, pesavam neste ano, as eliminações diante do time carioca na Copa do Brasil e Sul-Americana. Apostando em chutes de fora da área e em jogadas pelas pontas, principalmente com Jorge Henrique, a equipe do técnico Ney Franco criava as melhores chances e pressionava o time da casa. Destaque para uma bela defesa do goleiro Edson aos 12 minutos.
O momento na partida não era bom, mas então os zagueiros do Atlético começaram a decidir o duelo. Welton Felipe fez jogada individual, invadiu a área e foi derrubado. Pênalti marcado e convertido com muita categoria por Leandro Almeida. O defensor colocou a bola no ângulo direito do goleiro Renan, sem chances de defesa.
Depois do gol marcado, o Galo cresceu na partida e teve bons momentos na etapa inicial. César Prates teve grande chance para ampliar aos 39 min, com cobrança de falta que carimbou a trave do goleiro Renan.
Na segunda etapa, o Botafogo voltou melhor, mas novamente um lance ajudou a definir a situação para o Atlético. Rodrigo Sá foi expulso aos 13 min e deixou o Galo com um homem a mais em campo. Superioridade numérica que, no entanto, não teve frutos positivos imediatos.
Aos 17 min, foi o Bota que chegou ao empate. Carlos Alberto invadiu a área, fez bela jogada individual e chutou para empatar o jogo. O meia teve muita liberdade e tempo para escolher onde ia bater. Após o gol, Marcelo Oliveira mexeu no time e com as mudanças a equipe passou a dominar o meio-de-campo. Petkovic entrou em campo e foi em uma cobrança de falta do sérvio que o gol da vitória saiu.
O zagueiro Welton sofreu a falta e após cobrança de Pet, Leandro Almeida subiu para cabecear e marcou o segundo do Galo, aos 31 min. O fim do jogo ainda guardou espaço para drama. Carlos Alberto carimbou o travessão do goleiro Edson.

Comentários