Um bar em Contagem, na região metropolitana de Belo Horizonte, foi interditado pela Guarda Civil e pela Polícia Militar durante um show de pagode que reuniu mais de 300 pessoas na noite desse domingo (27). Além da aglomeração, a Guarda Civil flagrou pessoas sem máscara, falta de álcool em gel e descumprimento do distanciamento mínimo no estabelecimento. 

Após protestos de músicos no início deste mês, a Prefeitura de Contagem voltou atrás em um decreto que proibia música ao vivo e liberou os shows nos bares, que só podem funcionar até as 23h e seguindo os protocolos de segurança sanitária. Os guardas chegaram ao local depois desse horário, a partir de denúncias anônimas pelo número 153, e o show ainda estava acontecendo. Segundo o gerente do boteco, que estava no lugar, o público foi maior do que o previsto devido à divulgação do show nas redes sociais. 

O bar poderá abrir novamente, desde que comprove o cumprimento das normas sanitárias. A Guarda Civil diz ter recebido outras denúncias a descumprimento das regras de segurança no domingo, mas ainda não informa o balanço completo das ações. 

No Natal, ela chegou a interromper a realização de um baile fui que estava agendado no bairro Vila Pérola. A cidade contabiliza 508 óbitos por Covid-19 e 12.708 casos confirmados da doença, de acordo com os dados mais recentes divulgados pela Secretaria de Estado da Saúde (SES-MG). 

Fonte: O Tempo Online

Comentários