Biblioteca Estação do Trabalhador completa 10 anos

Evento para comemorar a data será realizado nesta segunda-feira, no Unifor-MG.

Evento para comemorar a data será realizado nesta segunda-feira, no Unifor-MG.

Nesta segunda-feira (25), será promovido um evento no Unifor-MG para comemorar os 10 anos do projeto Biblioteca Estação do Trabalhador, na Sala de Multimeios 2, às 19h.
A atividade é organizada pela coordenadora do curso de Biblioteconomia, professora Margarita Rodrigues Torres, e pela coordenadora do projeto Biblioteca Estação do Trabalhador, Regina Célia Reis Ribeiro.
O objetivo é compartilhar com as empresas que receberam e ainda receberão a Biblioteca Estação do Trabalhador os pontos positivos que o projeto proporciona, salientando a importância da leitura para um maior crescimento profissional e pessoal.
Durante o evento, haverá diversas atividades, como pronunciamentos, contação de história, homenagens aos representantes das empresas que já receberam o projeto, a exibição de um vídeo institucional com as ações da Biblioteca Estação do Trabalhador, dentre outras.
O Unifor-MG é uma instituição de Ensino Superior reconhecida por sua ação social na comunidade, por isso tem o selo de Instituição Socialmente Responsável por vários anos consecutivos. Neste sentido, o projeto Biblioteca Estação do Trabalhador demonstra sua viabilidade, pois, durante 10 anos, desenvolve espaço de diálogo na comunidade, por meio de ação social aliada ao incentivo à leitura.
O projeto tem como público-alvo os funcionários das empresas de diversos segmentos e tem como objetivos: incentivar o hábito e o gosto pela leitura, permitindo o acesso à informação e à cultura; facilitar o acesso à cultura nos locais de trabalho; estimular a escrita e a expressão verbal; valorizar a importância do livro na vida de cada trabalhador; desenvolver a capacidade, por meio do senso crítico, de distinguir as mensagens positivas da vida e contribuir para educar, valorizar e preservar documentos inerentes às empresas.
Nesses dez anos de atividade, 19 empresas receberam o projeto Biblioteca Estação do Trabalhador.

Histórico do projeto
O projeto Biblioteca Estação do Trabalhador tem se empenhado, durante os últimos 10 anos, em estimular crianças, jovens, adultos e idosos a participarem dessa viagem chamada leitura que deve ser compartilhada com a família e a sociedade.
A biblioteca itinerante funciona por meio de duas caixas-estantes, contendo livros, revistas CDS e DVDS às empresas de Formiga e região. O material fica na empresa por um tempo e, acompanhados por um estagiário do curso de Biblioteconomia, os funcionários podem levar as obras para casa.
A ideia da bibliotecária Regina Célia Reis Ribeiro foi colocada em prática pela primeira vez no dia 5 de maio de 2005, quando foi instalada a primeira caixa-estante no Bazar Guri. Enquanto isso, foi adquirida a segunda caixa-estante para que mais empresas fossem beneficiadas simultaneamente.
Em novembro de 2005, a Loja Confecções Fidalga recebeu o projeto. A terceira empresa beneficiada foi o Supermercado Kit Sacolão, em seguida a Proust Indústria de Comércio e Confecção, a Prodoeste, o Supermercado ABC e a Fábrica de Confecções Zanoni Amaral Passos.
Em abril de 2008, o Bazar Guri recebeu novamente o projeto, a pedido dos funcionários e também da direção da loja. Nesse mesmo ano, a segunda caixa-estante foi para a Cemig. Em seguida, as empresas beneficiadas foram Carvel Carvalho Veículos, AD Pneus, Unimed Alto São Francisco, Ponto por Ponto, Magia Confecções, Sicoob Credifor, Recapagem Alterosa, além da Casa Américo.
Entre novembro de 2013 e fevereiro de 2015, os funcionários da Confecções Lorena tiveram a oportunidade de participarem da iniciativa. Foi na Lorena Confecções que foi batido o recorde de empréstimos desde que o projeto foi iniciado. A funcionária Vera Aparecida Carvalho realizou 82 empréstimos.
Em segundo lugar no ranking, com 78 empréstimos, ficou a funcionária Rosilene Aparecida Rolindo, da Fábrica de Confecções Zanoni Amaral Passos e, em 3º lugar, a funcionária Patrícia Goulart, da Prodoeste, com 72 empréstimos.
No encerramento do projeto em cada uma das empresas, os três funcionários que mais realizam empréstimos são homenageados e ganham uma lembrança do Unifor-MG.
Atualmente, a Biblioteca Estação do Trabalhador está no DER (Departamento de Estradas de Rodagem) de Formiga e também na Larissa Confecções.
Como resultados do projeto, em três das empresas beneficiadas, os empresários deram continuidade à ideia e implantaram suas próprias bibliotecas, o que incentiva ainda mais a leitura dos trabalhadores.
Os próximos 10 anos do projeto devem ser de expansão. A ideia é levar a Biblioteca Estação do Trabalhador para mais empresas não só em Formiga, mas em toda a região.

Comentários

Sobre o autor

André Ribeiro

Designer do portal Últimas Notícias, especializado em ricas experiências de interação para a web. Tecnófilo por natureza e apaixonado por design gráfico. É graduado em Bacharelado em Sistemas de Informação pela Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais.

Biblioteca Estação do Trabalhador completa 10 anos

Evento para comemorar a data será realizado nesta segunda-feira, no Unifor-MG.

Evento para comemorar a data será realizado nesta segunda-feira, no Unifor-MG.

Nesta segunda-feira (25), será promovido um evento no Unifor-MG para comemorar os 10 anos do projeto Biblioteca Estação do Trabalhador, na Sala de Multimeios 2, às 19h.

A atividade é organizada pela coordenadora do curso de Biblioteconomia, professora Margarita Rodrigues Torres, e pela coordenadora do projeto Biblioteca Estação do Trabalhador, Regina Célia Reis Ribeiro.

O objetivo é compartilhar com as empresas que receberam e ainda receberão a Biblioteca Estação do Trabalhador os pontos positivos que o projeto proporciona, salientando a importância da leitura para um maior crescimento profissional e pessoal.

Durante o evento, haverá diversas atividades, como pronunciamentos, contação de história, homenagens aos representantes das empresas que já receberam o projeto, a exibição de um vídeo institucional com as ações da Biblioteca Estação do Trabalhador, dentre outras.

O Unifor-MG é uma instituição de Ensino Superior reconhecida por sua ação social na comunidade, por isso tem o selo de Instituição Socialmente Responsável por vários anos consecutivos. Neste sentido, o projeto Biblioteca Estação do Trabalhador demonstra sua viabilidade, pois, durante 10 anos, desenvolve espaço de diálogo na comunidade, por meio de ação social aliada ao incentivo à leitura.

O projeto tem como público-alvo os funcionários das empresas de diversos segmentos e tem como objetivos: incentivar o hábito e o gosto pela leitura, permitindo o acesso à informação e à cultura; facilitar o acesso à cultura nos locais de trabalho; estimular a escrita e a expressão verbal; valorizar a importância do livro na vida de cada trabalhador; desenvolver a capacidade, por meio do senso crítico, de distinguir as mensagens positivas da vida e contribuir para educar, valorizar e preservar documentos inerentes às empresas.

Nesses dez anos de atividade, 19 empresas receberam o projeto Biblioteca Estação do Trabalhador.

 

 

 

 

Histórico do projeto

O projeto Biblioteca Estação do Trabalhador tem se empenhado, durante os últimos 10 anos, em estimular crianças, jovens, adultos e idosos a participarem dessa viagem chamada leitura que deve ser compartilhada com a família e a sociedade.

A biblioteca itinerante funciona por meio de duas caixas-estantes, contendo livros, revistas CDS e DVDS às empresas de Formiga e região. O material fica na empresa por um tempo e, acompanhados por um estagiário do curso de Biblioteconomia, os funcionários podem levar as obras para casa.

A ideia da bibliotecária Regina Célia Reis Ribeiro foi colocada em prática pela primeira vez no dia 5 de maio de 2005, quando foi instalada a primeira caixa-estante no Bazar Guri. Enquanto isso, foi adquirida a segunda caixa-estante para que mais empresas fossem beneficiadas simultaneamente.

Em novembro de 2005, a Loja Confecções Fidalga recebeu o projeto. A terceira empresa beneficiada foi o Supermercado Kit Sacolão, em seguida a Proust Indústria de Comércio e Confecção, a Prodoeste, o Supermercado ABC e a Fábrica de Confecções Zanoni Amaral Passos.

Em abril de 2008, o Bazar Guri recebeu novamente o projeto, a pedido dos funcionários e também da direção da loja. Nesse mesmo ano, a segunda caixa-estante foi para a Cemig. Em seguida, as empresas beneficiadas foram Carvel Carvalho Veículos, AD Pneus, Unimed Alto São Francisco, Ponto por Ponto, Magia Confecções, Sicoob Credifor, Recapagem Alterosa, além da Casa Américo.

Entre novembro de 2013 e fevereiro de 2015, os funcionários da Confecções Lorena tiveram a oportunidade de participarem da iniciativa. Foi na Lorena Confecções que foi batido o recorde de empréstimos desde que o projeto foi iniciado. A funcionária Vera Aparecida Carvalho realizou 82 empréstimos.

Em segundo lugar no ranking, com 78 empréstimos, ficou a funcionária Rosilene Aparecida Rolindo, da Fábrica de Confecções Zanoni Amaral Passos e, em 3º lugar, a funcionária Patrícia Goulart, da Prodoeste, com 72 empréstimos.

No encerramento do projeto em cada uma das empresas, os três funcionários que mais realizam empréstimos são homenageados e ganham uma lembrança do Unifor-MG.

Atualmente, a Biblioteca Estação do Trabalhador está no DER (Departamento de Estradas de Rodagem) de Formiga e também na Larissa Confecções.

Como resultados do projeto, em três das empresas beneficiadas, os empresários deram continuidade à ideia e implantaram suas próprias bibliotecas, o que incentiva ainda mais a leitura dos trabalhadores.

Os próximos 10 anos do projeto devem ser de expansão. A ideia é levar a Biblioteca Estação do Trabalhador para mais empresas não só em Formiga, mas em toda a região.

 

Redação do Jornal Nova Imprensa UNIFOR MG

Comentários

Sobre o autor

André Ribeiro

Designer do portal Últimas Notícias, especializado em ricas experiências de interação para a web. Tecnófilo por natureza e apaixonado por design gráfico. É graduado em Bacharelado em Sistemas de Informação pela Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais.