O avião bimotor prefixo PT-RCV modelo EMB-810C caiu sobre seis casas na rua Projetada, em Manaus (AM), às 8h47 desta sexta-feira (10h47 no horário de Brasília), de acordo com informações da Infraero. Os quatro ocupantes da aeronave e as pessoas que estavam nas casas saíram ilesas.
O bimotor pertence à empresa de táxi aéreo Lafir. O diretor-presidente da empresa, Pedro Teixeira, era um dos passageiros. Segundo ele, estavam a bordo também uma secretária, o piloto e o co-piloto. Chutei a porta, chamei todo mundo e saímos correndo. Foi Deus quem nos salvou, afirmou.
De acordo com a Defesa Civil, na queda, o avião atingiu seis casas na Comunidade União, no bairro Parque Dez. Uma das casas ficou destruída totalmente e as restantes sofreram danos parciais. Nenhum morador ficou ferido. A área foi interditada. Informações preliminares indicavam que o avião havia explodido, mas isso não ocorreu.
Os moradores das casas danificadas foram cadastrados pela Defesa Civil e devem ser encaminhadas para um abrigo enquanto a região permanecer isolada.
O acidente ocorreu quando o avião se preparava para pousar em um aeroclube no bairro Flores, onde fica o hangar da empresa. Ele tinha decolado cerca de três minutos antes, no aeroporto internacional Eduardo Gomes, também em Manaus. Para o empresário que sobreviveu ao acidente, houve pane nos trens de pouso e em um dos motores.

Salvador

Permanecem internadas no Hospital Aeroporto, em Salvador (BA), as duas pessoas feridas na queda de um monomotor que ocorreu ontem (22) no aeroporto Luís Eduardo Magalhães. Outras duas pessoas que estavam na aeronave morreram.

O monomotor, prefixo PT-KAA, decolou da pista auxiliar do aeroporto e caiu em seguida, em uma área gramada. Ele seguia para um clube em Itaparica (BA). De acordo com a Infraero (estatal que administra os aeroportos do país), as quatro pessoas que estavam a bordo do monomotor foram socorridas com vida. Uma delas, porém, morreu antes de chegar ao Hospital Geral do Estado e outra morreu no Hospital Aeroporto.

Os nomes dos envolvidos não foram divulgados pelos hospitais, a pedidos das famílias. Também a pedido delas não foram dados detalhes sobre o estado de saúde dos feridos.

Comentários