O Banco Municipal de Alimentos (BMA) fechou o primeiro trimestre deste ano com a marca de 111.931 quilos de alimentos captados e doados.

As doações são recebidas de produtores e parceiros da sociedade civil, de colheita nas unidades do Projeto Horta Urbana, do Projeto Feira Solidária, do Mesa Brasil Sesc, de Bancos de Alimentos da Rede Metropolitana (REBA-RMBH), de ações de combate ao desperdício de alimentos e também adquiridos de produtores familiares através do PAA – Programa de Aquisição de Alimentos.

Confira as ações realizadas do dia 25 de março a 1º de abril:

Doação de 7.128 quilos de alimentos

  • Foram entregues 391 cestas verdes (frutas, verduras, batata congelada, Nesquik e doces/biscoitos) a famílias em situação de vulnerabilidade através do Cras I – volante (Cidade Nova), Cras II – volante (Geraldo Veloso) e do Centro de Convivência do Idoso;
  • Receberam doações as seguintes entidades/equipamentos públicos: Casa de Apoio em BH, Casa da Criança e do Adolescente, Residência Inclusiva, UPA, Santa Casa, Asilo São Francisco, Casa Divina Misericórdia, Comunidade Terapêutica NARCC, Centro Espírita Amigos de Jesus, Associação dos Moradores do Bairro Maringá, Associação de Moradores do Alto da Praia, Ação Solidária Adventista (Passos), Irmãs Mercedárias da Caridade (Campo Belo) e Banco de Alimentos de Pompéu.

Projeto Horta Urbana

  • Na semana passada a equipe do Projeto Horta Urbana realizou a primeira colheita de hortaliças na horta da Comunidade São Francisco de Assis (Alto da Praia). Foram colhidos 30 quilos de alface que foram doadas a moradores da comunidade. Os alimentos são produzidos de maneira saudável, sem uso de agrotóxicos.
  • A equipe do Projeto esteve também na Fazenda Laboratório do Unifor-MG, onde está sendo desenvolvido o experimento em parceria com a Gecal nas culturas de tomates, berinjela, folhosas e milho. Na oportunidade foram realizados os manejos necessários para a condução dos experimentos.

Fonte: Decom

Comentários
COMPATILHAR: