O candidato a prefeito na cidade de Córrego Fundo, João Vaz, através do B.O. registrado sob o número 1129, pede que as autoridades averigúem a autoria e os motivos pelos quais o veículo que conduzia no início da madrugada de ontem (18), nas imediações do Posto Pingo de Ouro, próximo à Prefeitura de Córrego Fundo, teve seu pára-brisa estilhaçado e a lataria traseira ? lado esquerdo ? perfurada, segundo ele, por bala ejetada por arma de fogo.
João Vaz conta que voltava de Córrego Fundo, após deixar em suas residências, correligionários que com ele estiveram reunidos tratando de assuntos relativos a uma cavalgada e carreata que pretendia realizar nos próximos dias quando, teve o pára-brisa de seu veículo estilhaçado e em seguida ouviu outro forte estampido, para ele, produzido por arma de fogo disparada em sua direção.
João conta que tratou de escapar do local, dirigindo-se imediatamente ao Posto Policial de Córrego Fundo, onde registrou a ocorrência.

Comentários
COMPATILHAR: