O presidente Jair Bolsonaro comentou nessa quinta-feira (17) o caso do serial killer Lázaro Barbosa de Sousa, de 32 anos, que aterroriza cidades do Distrito Federal e de Goiás desde a semana passada. De acordo com o chefe do Executivo, a população armada é a solução para este tipo de crime.

Ao ser questionado por apoiadores, em frente ao Palácio da Alvorada, o presidente opinou sobre o assunto. “Tem mulher aqui, né? Vocês queriam ter uma arma? Arma deixa você dormir em paz em casa”, disse o chefe do Executivo.

Ele disse ainda que “antes não tinha solução” para cidadãos que solicitavam a posse de armas de fogo e tinham o pedido negado. “Aumentou muito”, declarou ele sobre a quantidade de brasileiros armados.

Durante sua fuga, que já dura dez dias, Lázaro Barbosa invadiu chácaras e roubou armas e munições. Os equipamentos foram utilizados para balear chacareiros e policiais que estão na caçada pelo criminoso. Ele matou quatro pessoas a facadas e tiros em Ceilândia. As buscas se concentram na região de Cocalzinho, com cerca de 300 policiais, que devem receber reforço de 20 homens da Força Nacional.

Fonte: O Tempo

Comentários
COMPATILHAR: