BOOT & NADA é um título muito engraçado e irônico para uma coluna, temos consciência disso. Afinal de contas quem usaria hoje uma BUTINA ou um BUTINUDO para uma campanha, seja publicitária ou eleitoral. Pelo andar da carruagem: NINGUÉM.
Podem ter plena certeza, aqui neste espaço ?Somos 99,9% independentes e 0,01% suspeitos, pois quando o nosso está na reta, sartamos de bunda e salvamos a nossa banda. Nossa não, só minha, pô! Somos o oposto dos concorrentes?, principalmente, se nos compararmos com outros animais que habitam esta cidade. Coelho e mula, normalmente operam em campos diferentes. Nossa preocupação não é com o dim-dim. Esta história de mil meu, com mil seu e com mil dele, aqui não funciona.
Deboche, humor e denúncias das promiscuidades entre o público e o privado são o nosso prato semanal, de difícil digestão, até mesmo para um avestruz. Mas para nós aqui e para as hienas de plantão, tá tudo muito bom! Tudo muito bem! Tal e qual as hienas, mesmo comendo merda, estamos sempre rindo, especialmente dos poderosos que hoje estão por cima, mas, no fundo no fundo, sabem que logo, estarão na pior. Tanto isto é verdade que, esta semana, soubemos que o Alex, aquele cara que era da Emmel, foi cooptado para fazer parte do clero oficial. Sabem por quê? Simplesmente porque eles descobriram que ele, o tal Alex, é o cara que mais entende de XADREZ, nesta região. Campeão pra mais de mil! Sugestivo, não?
Então, leitores amigos, e os inimigos também, mãos à obra? Sorrir é o melhor remédio, mesmo quando se tem que pagar uma porrada de IPTU.
Ah, nosso BOOT & NADA ao vivo e a cores, continua sendo encenado, criticado, gozado (no bom sentido), todas as manhãs de sábado, lá na Praça de Todos os Poderes. Desde já, agradecemos a audiência e lembramos aos formiguenses, à turma de Piumhi e aos amigos de Campo Belo que estamos abertos (pelo menos até que nos tranquem) ao recebimento de colaborações. Não se assustem! O recebimento não é em dinheiro, nem mesmo em cheque ou com cartão de débito. Queremos receber apenas colaborações inteligentes, com narrativas de fatos que possam se transformar a um simples toque, em piadinhas que incomodam muita gente!
E POR FALAR EM
A Coluna BOOT & NADA investigou e descobriu que:
Vem aí a PRIMEIRA, SEGUNDA e a TERCEIRA GRANDE OBRA.
?EU FICO TRISTE?, mas é verdade gente.
A PRIMEIRA:
Na terça-feira (28), o motorista do Moa comunicou ao nosso grande radialista e ex-prefeito Jaime Mendonça, que a saída de Formiga para Campo Belo estava sendo visitada pelo nosso administrador e que o reinício das obras de pavimentação e etc. e tal, daquela importante via pública, mais precisamente, a partir do Posto São Vicente, ocorreria em breve. Tudo indica que na intimidade entre eles, os nossos santos, o de casa e o de fora, popularmente idolatrados como Vicentinho e Marquinho, juntaram seus esforços e, numa ação milagrosa, viabilizaram um antigo sonho do ex-alcaide, (Lulu), que já anunciava, na sua época, o início das obras, sua verdadeira intenção. Ele, ainda que por debaixo dos panos, numa demonstração de lucidez e de visão futurista, pretendia pavimentar e alargar a importante via, facilitando assim, o retorno para Campo Belo, daqueles que aqui, sequer haviam chegado. E isto, sem possuir bola de cristal ou jogando cartas. P.Q.P.; Vai entender de futuro assim, longe daqui! Tudo bem, mas esta sua faculdade só funcionava a longo e médio prazo, porque a curto, nunca deu certo. Até 30 de setembro ele ainda enxergava e acreditava ver no dia 7 de outubro, o que ninguém mais via.
A SEGUNDA:
BRITADEIRA VEM AÍ:
Com o quebra-quebra de meio fios, ilhas, ilhotas, rotatórias, calçadas e outras ?cositas más?, informamos que o estoque de pedras e entulhos, inclusive estocados à beira de rios, já é suficiente para a entrada em operação da britadeira que, segundo informações obtidas junto ao representante do Executivo lá no Legislativo, em breve estará funcionando. E o Josa não mente!
A TERCEIRA:
Josino também anunciou na Câmara que, no máximo até dia 15 de junho, as rodovias vicinais estarão recebendo o maquinário da Prefeitura. Mata-burros, alargamento, encascalhamento (britagem), inclusive nas vias secundárias de ligação (galhos) serão todas atendidas.
Acredite se quiser, mas que ele falou; falou. E todo mundo acreditou. Houve até vereador convocando a turma a comparecer na Câmara e registrar seus pedidos. Mui amigo, este Cabo Cunha!
Sacanagem e falta de respeito:
Segundo informações, o carro da funerária, que não participou da última expolata, abriu o bico de vez. Esta semana, na subida do Cidade Nova, estranhou a pista, depois do tapa buracos meia boca e parou de vez. O motorista, o que leu, mas num escreveu, precisou empurrar a joia pra ela pegar no tranco e na falta de ajudante, chamou o defunto que, prontamente, o auxiliou. Quando o carro pegou (ele não contou o quê) foi aquela comemoração e? o que leu, mas num escreveu, acordou e se borrou todo. Mas, como bom escudeiro, logo se acalmou, rezou para o padroeiro e correu pro abraço, pedindo aumento, é craro! Afinal, bão de selviço ele é, e parceiro do Moa, faz tempo.
História Venérica (foto abaixo)
Um belo dia, não tendo nada para fazer enquanto esperava seus dois patrões que se encontravam em reunião lá na divisa de BH com New Lime, ERA ASNO SAL HUM, passeando pelos corredores do ?Chop Center?, (segundo ele), ao passar na porta dos cinemas se encantou com um cartaz, anunciando ?Dr. Jivago?, numa promoção Vale a pena ver de novo (de velho também).
Era Asno Sal Hum ao perceber as duas enormes filas na bilheteria perguntou ao motorista:
– Que fila enorme é esta?
– É para ver o Doutor Jivago, respondeu o carrancudo grandalhão.
– Nossa? Ele deve ser um médico e tanto. Em pleno domingo esta multidão toda para consultar. É de um destes que Formiga precisa.
Assim pensando, nosso Ouvidor Entregador, sacou do bolso traseiro o ?celulá? e ligou pro Moa, mostrando serviço.
– Chefinho 2, estou aqui e sabe o que eu vi?
– Não niguinho, o que ocê viu aí nos BH, o novo Minerão ou a Lagoa da Pampúia?
– Nem um nem ôtro. Vi uma puta fila de gente pra consultá com um tal de Doutor Xivago? Nossa, que médico bão ele deve de cêr, tem mais de 500 pessoas em pleno domingão na fila daqui.
Moa, feliz com a boa nova, e decidido como sempre, deu a orde:

– Niguinho, proveita que o Marquinho logo vai tá aí comcê e comele que ressorve mesmo, conversa com este Dotô Tivago. Quem sabe a gente contrata ele para atender no Regional daqui uns tempo e enquanto isso ele atende no PAM e nus posto de saúde. Assim nóis rezorve de veiz a farta de medicu na cidade. Pode oferecê e garanti qui nóis paga. Aqui tem Tumé mais nóis num dá tumé não. Eu agaranto, viu?
A HISTÓRIA SE REPETE: (foto abaixo)
Senhores, vejam só o que encontramos ao relermos a edição 268, que circulou em 5 de abril de 2002, na Coluna Notícias da Câmara, no jornal Nova Imprensa:
O velho Moa, ainda vereador, também já dava mostras de que era um cara de visão, e portador da mesma deficiência da Mãe Diná. Contava histórias e garantia que um dia as realizaria. Em 2002, o alcaide da época era o Juju e quem sabe agora, não é hora dele e de todos nós exigirmos o cumprimento da promessa? Veja ao lado…
Aceita-se encomendas
Pagamento em Cartão Bolsa Família, vale-alimentação, cheque pré-datado, Bolsa Gás, Bolsa Crack ou pagamento em Coca (Cola)? Fazemos qualquer negócio!

COMPATILHAR: