Após sete anos de divórcio, a reconciliação entre a seleção brasileira e o Maracanã teve os altos e baixos de um bom casal. Mas terminou com final feliz: a equipe goleou por 5 a 0 o Equador nesta quarta-feira, conseguiu sua primeira vitória nas eliminatórias para a Copa do Mundo de 2010 e deixou o campo em lua-de-mel com a torcida e aos gritos de olé.
Em dois jogos, o Brasil tem quatro pontos. Após o empate sem graça em 0 a 0 com a Colômbia, o time de Dunga demorou a conquistar a massa no Rio. No primeiro tempo, fez 1 a 0 com Vágner Love, que estreou no estádio. Porém, o ex-palmeirense perdeu muitas chances e chegou a irritar a torcida. Até gritos por Obina, xodó do Flamengo, foram ouvidos.
Na etapa final, a seleção foi vaiada até ampliar com Ronaldinho Gaúcho e Kaká, que não faziam boa partida. Após o golaço que marcou, o ex-são-paulino ouviu a galera chamá-lo de melhor do mundo. E ainda teve mais: Elano e Kaká, com um frangaço de Viteri, fecharam o placar em 5 a 0. Com saudades, o Maracanã vibrou de alegria, embalado pelos mais de 85 mil pessoas presentes.
Os próximos jogos serão nos dias 17 e 20 de novembro, contra Peru e Uruguai (no Morumbi)

Comentários