O favoritismo era todo dos Estados Unidos. E o ouro olímpico, agora, também. A Seleção Brasileira Feminina de Vôlei não conseguiu repetir as boas atuações anteriores e foi dominada por um adversário avassalador na madrugada deste domingo (tarde no Japão), na Ariake Arena. Com a derrota por 3 sets a 0 (25-21, 25-20 e 25-14), fica com a medalha de prata nos Jogos Olímpicos de Tóquio.

O Brasil teve muitas dificuldades, mais uma vez, para encarar o estilo de jogo estadunidense. Pouco mais de um mês antes, as equipes haviam decidido o título da Liga das Nações, com triunfo dos EUA por 3 sets a 1.
Michelle Bartsch-Hackley, Andrea Drews e Jordan Larson comandaram o ataque estadunidense, muito efetivo ao longo de quase todo o jogo. As brasileiras sofreram não apenas com as ofensivas rivais, mas também com os próprios erros e a dificuldade de imprimir um bom saque.
Este é o primeiro título estadunidense no vôlei feminino em Olimpíada. Antes desta edição dos Jogos, a equipe dos EUA havia sido vice-campeã três vezes – 1984 (contra a China), 2008 e 2012 (ambas diante do Brasil) – e terceira colocada outras duas (1992 e 2016).
É a primeira prata da Seleção Brasileira Feminina de Vôlei nos Jogos Olímpicos. São ainda dois ouros e dois bronzes. Apenas União Soviética, China, Japão e EUA têm mais pódios na modalidade (seis).

Fonte: MG Superesportes

Comentários