A Câmara de Conciliação, Mediação e Arbitragem de Formiga (Camaf) poderá integrar a rede de câmaras de mediação e arbitragem que abrange todo o território nacional, fundada pela Confederação das Associações Comerciais e Empresariais do Brasil (CACB).
Essas câmaras estão vinculadas à Câmara Brasileira de Mediação e Arbitragem Empresarial (Cbmae), fruto do convênio da CACB e do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), e estão capacitadas a administrar processos de conciliação, mediação e arbitragem, com o objetivo de ajudar as partes a resolverem conflitos e litígios que tratam de bens patrimoniais disponíveis.
No dia 26 de abril, a consultora da Cbmae, Tássia Miranda, se reuniu com o superintendente da Camaf, Sérgio Lopes Rabello, e o presidente da Associação Comercial, Industrial de Serviços e Agronegócios de Formiga (Acif), Remaclo Couto, para apresentar o projeto.
De acordo com Sérgio Rabello, há uma padronização das câmaras do Brasil e uma interligação com todo o território nacional. ?Integrando essa rede, teremos um suporte técnico da Cbmae que nos disponibilizaria um sistema para controle dos procedimentos realizados na Camaf?, informou.
Sérgio Rabello explicou ainda que esse projeto também é vantajoso para os associados, que poderão desfrutar dos serviços oferecidos por outras câmaras de diversos locais do país.

COMPATILHAR: