A população em todo o Brasil tem até esta sexta-feira para se vacinar contra a gripe. A campanha já havia sido prorrogada.
Devem ser vacinadas crianças de seis meses a menores de cinco anos, pessoas com idade a partir de 60 anos, os trabalhadores de saúde, os povos indígenas (aldeados), as mulheres gestantes, as puérperas (até 45 dias após o parto).

A Secretaria de Estado da Saúde (SES) avisa que as doses estarão disponíveis em toda a rede pública durante todo o ano.
A vacina é gratuita e contraindicada apenas para quem tem histórico de reação anafilática prévia ou alergia severa relacionadas a ovo de galinha e seus derivados ou a qualquer componente da vacina, assim como para pessoas que apresentaram reações graves a doses anteriores.
Vantagens
A imunização, de acordo com especialistas, pode reduzir em até 45% o número de internações por pneumonia e em até 75% a mortalidade global. Já os riscos da evolução de uma gripe para pneumonia diminuem em cerca de 60% entre a população idosa e de hospitalização e de morte podem ser reduzidos em 50% e 68%, respectivamente.
O Ministério da Saúde orienta a população a adotar cuidados simples para evitar a propagação da doença, como lavar as mãos várias vezes ao dia, cobrir o nariz e a boca ao tossir e espirrar, evitar tocar o rosto de pessoas que têm sintomas da doença e não compartilhar objetos de uso pessoal.

Comentários
COMPATILHAR: