O Dia Nacional da Luta Antimanicomial (celebrado em 18 de maio) foi lembrado de uma forma diferente neste ano em Formiga.

Devido à pandemia do novo coronavírus, o Centro de Atenção Psicossocial de Formiga (Caps) não realizou as atividades comemorativas feitas anualmente, como passeata, sarau e reuniões. Ele apenas expôs mensagens de usuários para recordar a importância da data.

De acordo com o coordenador do Caps, Clewton Freitas Júnior, a equipe do Centro sempre atuou visando a liberdade, a autonomia e a integração social dos pacientes e seus familiares. “Acreditamos que o tratamento em liberdade, os vínculos sociais e comunitários e a busca pela cidadania plena são fundamentais para a construção de um futuro melhor. Acreditamos que a cidade é nossa e que devemos ocupar os espaços públicos com nossa alegria, energia e nosso jeito de ser. O Dia Nacional da Luta Antimanicomial é o grande símbolo dessa proposta. Ele representa a luta de gerações de profissionais, familiares e pacientes que enfrentaram um tempo de manicômios, locais de aprisionamento e degradação da dignidade humana. Pessoas que deram suas vidas e sua força para mudar um cenário de desrespeito aos Direitos Humanos”.

Ainda segundo Clewton; “no dia 18 de maio, queremos dizer: trancar não é tratar. Porém, neste momento, o caminho é outro. A equipe do Caps pede a todos para ficarem em casa. A luta pela saúde e pela vida será diferente nesse momento de pandemia, de enfrentamento do coronavírus. Agora é hora de se resguardar, de evitar aglomerações e de manter os vínculos sociais de outra forma, à distância. Precisamos cumprir e respeitar a quarentena, ficando em casa. Com nossas famílias, poderemos ter um futuro livre e com saúde. Devemos cuidar uns dos outros pelo telefone, internet e redes sociais”, disse.

O coordenador ressaltou que o 18 de maio de 2020 foi diferente de todos os outros, mas foi um dia para refletir que as pessoas têm umas às outras e sonhos de um futuro melhor.

Clewton expôs as mensagens de usuários, que ensinam sobre a liberdade, o amor e a saúde mental. Confira:

“Viva a vida sem pensar no ontem,

viva o hoje esperando um amanhã feliz!” (Geraldo Donizete)

“Se os homens do outro lado só falam em guerras,

eu tenho minha liberdade e sementes de amor!” (Ivan Rodrigo)

“Esse é meu momento:

viver a vida é muito bom, viver é uma responsabilidade!” (Robledo Moura)

“Tudo na vida tem seu tempo.

Temos tempo bom e tempo ruim, por isso procure sempre se cuidar,

pensar em coisas boas e lembrar de coisas boas” (Almir)

Fonte: Decom

Comentários