Um casal foi detido por maus-tratos em um povoado de Onça do Pitangui, depois de amarrar em um cachorro uma galinha e uma bomba e, em seguida, estourá-la nos bichos.

A mulher, de 37 anos, e o homem, de 48 anos, foram identificados pela Polícia Militar  depois que a apresentadora e ativista da causa animal, Luisa Mell, postou nas redes sociais dela o vídeo da agressão gravado pelo próprio casal.

O vídeo causou comoção e revolta entre artistas, como a apresentadora Xuxa Meneghel e as atrizes Ísis Valverde e Heloísa Périssé. Defensores da causa animal, os deputados estaduais por São Paulo Delegado Bruno Lima (PSL) e Bruno Ganem (Podemos) e o deputado federal por Minas Gerais, autor da Lei que agrava pena para agressores de animais, Fred Costa (PSL) também comentaram o assunto.

O casal confessou o crime, segundo a polícia, e disse que a atitude foi uma punição pelo animal ter atacado uma criação de galinhas.

A Polícia Civil informou que eles não tiveram a prisão em flagrante ratificada pelo crime de maus-tratos pelo fato de ter ocorrido na terça-feira (25). No entanto, um inquérito foi instaurado para encontrar os animais e indiciar o casal.

A ativista postou o vídeo na página dela na manhã dessa quinta-feira (27). No texto da postagem, ela afirma que recebeu o vídeo que classifica como terrível. “Amigos olhem que atrocidade! Que covardia! As pessoas ainda filmam, dão risada e postam?!?”, publicou com as hashtags “covardia” e “maus tratos é crime”.

O deputado estadual por São Paulo Bruno Ganem classificou a cena como covardia e pediu punição aos agressores. O delegado Bruno Lima (PSL) também comentou a publicação e disse que estava em contato com a denunciante.

Autor da Lei nº 1095/19 que altera a legislação de Crimes Ambientais e agrava a punição para quem maltratar cães e gatos, o deputado federal Fred Costa postou informando que entraria com uma ação no Ministério Público.

Fonte: G1

Comentários
COMPATILHAR: