Imagine um lugar em que os alunos com dificuldades de aprendizagem no ensino regular possam buscar apoio e complementar os estudos; em que as crianças e até mesmo adultos com deficiências visuais, auditivas, mental, com dificuldades de comunicação verbal ou mudas, possam se comunicar, aprender braile e a linguagem de sinais, além de ser incluídas na sociedade. Esse lugar em Formiga já existe e, desde 2009, funciona em um local mais amplo e bem equipado, com salas de aula adaptadas, auditório, refeitório e as instalações necessárias para diversos atendimentos.
O Centro Municipal de Apoio à Aprendizagem (Cemap) atualmente conta com 120 alunos. Aqueles que estudam pela manhã são atendidos à tarde e vice versa. O espaço oferece aulas de libras, de braile e para alunos com baixa visão. A coordenadora do centro, Débora Bessas, conta que serão contratadas ainda duas psicólogas e duas fonoaudiólogas para o atendimento aos alunos. ?Estamos atendendo neste novo espaço desde o ano passado. Aqui, os professores são capacitados em cada área. O profissional consegue entender mais cada deficiência e vai se adaptando ao trabalho a ser desenvolvido?.
No local, funciona também o Centro de Convivência do Surdo, que atende a cerca de 30 adultos. ?Aqueles que trabalham durante o dia participam das atividades nas quartas-feiras, no horário noturno?, comenta a coordenadora.
A professora Adriana Mizerani Machado é a responsável pelo atendimento aos alunos com deficiência mental. Aparecida Sônia Oliveira é instrutora de libras para crianças surdas ou com baixa audição. A professora Elizabete Silva Pimenta trabalha com braile para alunos cegos ou com baixa visão. Maria Margarete Barboso atende crianças com deficiência mental, braile e com baixa visão e Marilda Rezende Carvalho também faz atendimento a alunos com baixa visão e braile.
Débora Bessas informa também que o Cemap atende a crianças que ainda não estão na escola, mas que os pais já perceberam alguma deficiência. ?Quanto mais cedo eles trouxerem os filhos, o desenvolvimento será mais rápido. Os pais podem trazer as crianças diretamente na unidade?.
Lucimeire Candelária Machado, mãe de um aluno de 7 anos de idade, que tem baixa visão, ressalta a importância do centro na vida dos alunos. ?Meu filho estuda pela manhã na Escola Municipal Paulo Barbosa, e nas tardes de quarta e quinta-feira ele vem para o Cemap. Eu sempre o acompanho, o trabalho está ajudando muito em seu aprendizado, e nós pais ainda recebemos instruções para contribuir no desenvolvimento das crianças?, enfatiza. Ela disse ainda que as professoras da escola regular recebem instruções de como lidar com crianças com alguma deficiência ou dificuldade de aprendizagem.
O Cemap
Desde 2001 o Cemap atende alunos que apresentam dificuldades acentuadas de aprendizagem ou limitações no processo de desenvolvimento, de acordo com o parecer CNE/CEB 17/2001. O centro tem se reformulado para atender também aos alunos com necessidades educacionais especiais decorrentes de deficiências e condutas típicas.
Em Formiga, o Cemap foi implantado em 2007, sob o Decreto Municipal n° 3657, de 13 de junho e funcionava no Caic. Segundo a coordenadora, Débora Bessas, ela apresentou uma proposta mais arrojada ao secretário de Educação e Esportes, Geraldo Reginaldo de Oliveira, de forma a atender à legislação nacional. A ideia foi acatada e o Cemap ampliado e modernizado. Atualmente, o estabelecimento oferece apoio às escolas regulares, professores e especialistas por meio de cursos para formação continuada sobre as intervenções e o atendimento educacional especializado.
Os alunos são encaminhados para o Cemap pelas próprias unidades de ensino e atendidos por uma equipe multidisciplinar composta por professores especialistas em educação inclusiva, capacitados para o atendimento complementar a todas as deficiências, como surdez, deficiências físicas e metais, cegueira, baixa visão, deficiência múltipla e condutas típicas.
Uma parceria está sendo firmada para atender, além dos alunos das escolas municipais, os estudantes das escolas estaduais e até mesmo particulares de Formiga. A intenção é atender aos estudantes formiguenses com dificuldades de aprendizagem de um modo geral. Os alunos são levados para o Cemap em transporte escolar cedido pela Prefeitura.
O Cemap fica à rua Américo Nogueira, 470, bairro Sagrado Coração de Jesus. O telefone é o (37) 3322-3111 para mais informações.

COMPATILHAR: