A memorável história do autor Miguel de Cervantes e seus famosos personagens Dom Quixote e Sancho Pança, dentre outras figuras do livro Dom Quixote de La Mancha, está sendo recontada por meio de banners com gravuras e trechos do livro, no Museu Municipal Francisco Fonseca.
Intitulada de ?400 anos de Dom Quixote de La Macha?, a mostra ficará exposta até o dia 8 de setembro. O intuito da exposição é incentivar a leitura, comemorando a literatura espanhola que repercutiu pelo mundo todo.
Interessados em conhecer um pouco mais sobre o clássico espanhol podem visitar o museu de terça a sexta-feira, das 8 às 17h. Aos sábados, domingos e feriados, das 8h às 13h. Para alunos de escolas interessadas em conhecer a exposição, pode ser feito um agendamento pelo telefone 3322-5770.
O livro
Dom Quixote de La Mancha é um livro escrito pelo espanhol Miguel de Cervantes y Saavedra (1547-1616). O título e ortografia originais eram El ingenioso hidalgo Don Qvixote de La Mancha, com sua primeira edição publicada em Madri no ano de 1605. É composto por 126 capítulos, divididos em duas partes: a primeira surgida em 1605 e a outra em 1615.
O livro surgiu em um período de grande inovação e diversidade por parte dos escritores ficcionistas espanhóis. Parodiou os romances de cavalaria que gozaram de imensa popularidade no período e, na altura, já se encontravam em declínio. Nesta obra, a paródia apresenta uma forma invulgar. O protagonista, já de certa idade, entrega-se à leitura desses romances, perde o juízo, acredita que tenham sido historicamente verdadeiros e decide tornar-se um cavaleiro andante. Por isso, parte pelo mundo e vive o seu próprio romance de cavalaria. Enquanto narra os feitos do Cavaleiro da Triste Figura, Cervantes satiriza os preceitos que regiam as histórias fantasiosas daqueles heróis de fancaria. A história é apresentada sob a forma de novela realista.
Personagens
O protagonista da obra é Dom Quixote, um pequeno fidalgo castelhano que perdeu a razão por muita leitura de romances de cavalaria e pretende imitar seus heróis preferidos. O romance narra as suas aventuras em companhia de Sancho Pança, seu fiel amigo e companheiro, que tem uma visão mais realista. A ação gira em torno das três incursões da dupla por terras de La Mancha, de Aragão e de Catalunha. Nessas incursões, ele se envolve em uma série de aventuras, mas suas fantasias são sempre desmentidas pela dura realidade. O efeito é altamente humorístico.

Comentários