O Atlético-MG está investindo cada vez mais nas categorias de base. A diretoria alvinegra oficializou neste sábado (22) o primeiro contrato profissional do atacante formiguense Miguel Ortiz, de 16 anos, com o clube.

A família do atleta esteve presente no momento da assinatura do contrato na quinta-feira (20).

De acordo com informações do portal Torcedores.com, o vínculo é valido por três temporadas, ou seja, até dezembro de 2024. Afinal, o atleta de Formiga é visto internamente como um jogador promissor e com potencial de venda futura.

Miguel Ortiz chegou no clube, com apenas 13 anos, e nesta temporada foi promovido para integrar a equipe sub-17 comandada pelo técnico Lucas Batista. Ele, inclusive, foi descoberto após fazer um teste no clube em 2018.

Em contato com o Últimas Notícias, a mãe do atleta, Elizania Ângela Arantes, contou que o interesse de Miguel pelo futebol surgiu quando ele tinha 5 anos. “Ele tinha problemas respiratórios e o médico disse que precisava praticar algum esporte. Miguel começou a praticar natação em um clube de Formiga. Lá tinha aulas de futebol. Ele não quis mais natação e se interessou pelo futebol. Ele tomou gosto e começou a participar de campeonatos. Na época, o treinador era o Tiago Dantas, que levou o Miguel para fazer testes em Belo Horizonte. Ele passou por cinco eliminatórias”, explicou a mãe orgulhosa.  

O contrato de Miguel Ortiz, intermediado pela empresa Gestballsport, seguiu os moldes de outras promessas do Atlético-MG. O Galo tem se baseado na Lei Pelé e em um aval da CBF para fazer acordos por períodos maiores com atletas entre 16 e 18 anos.

Em recente entrevista, Miguel destacou: “Estou no clube há 4 anos e me sinto muito bem aqui. Sou muito grato ao Atlético pela recepção que tive, desde que fiz o teste, em 2018. O momento é de agradecer todos aqueles que foram importantes na minha caminhada. Sei que a responsabilidade aumenta e preciso seguir dando o meu melhor. Estou muito feliz, realizei meu sonho e assinei o meu primeiro contrato profissional. Quero agradecer ao Atlético por confiar no meu trabalho. Espero devolver, em campo, todo carinho e atenção que venho recebendo”, disse o jovem jogador.

Miguel Ortiz é considerado um jogador polivalente pelos dirigentes das categorias de base do Atlético-MG. O jovem ponta-esquerda tem qualidade para atuar centralizado ou até mesmo como falso camisa 9.

A revelação atleticana é chamada carinhosamente pelos companheiros de ‘Cazares’. O apelido é uma alusão ao equatoriano Juan Cazares. Afinal, Miguel Ortiz se destaca pela semelhança física com o jogador do Fluminense.

Desde que chegou no Atlético-MG, o formiguense conquistou o Campeonato Mineiro sub-14, em 2019. Nesse ínterim, entrou no radar da comissão técnica da seleção brasileira sub-17. O técnico Paulo Victor Gomes tem monitorado algumas promessas do futebol brasileiro visando futuras competições.

Com informações do portal Torcedores.com

Comentários
COMPATILHAR: