Fim de ano chegando, o consumidor vai mais as compras e, por causa disso, muitos produtos e serviços estão mais caros. Desde a hora que o consumidor sai de casa ele já está gastando mais porque o combustível é um dos itens que tiveram reajuste.
Consumir nesta época do ano tem um preço alto. Só de pensar em sair de casa lá se vão embora algumas moedas a mais.
Quando chega ao supermercado, outro susto. As altas mais expressivas foram no preço do tomate que ficou cerca de 29% mais caro e a batata que teve um reajuste de mais de 10%. A carne bovina então vai salgar na mesa neste fim de ano. Subiu quase 4% em relação ao mês passado e a tendência é aumentar ainda mais. E outros produtos seguem a onda de reajuste. Tudo isso por causa da sazonalidade do fim do ano.
E se você resolver entrar numa agência de viagem faltando menos de 20 dias para o Natal, se prepare. Nesta época alguns pacotes chegam a dobrar de preço. Os destinos mais procurados são as praias do Nordeste. Viajar para Ilhéus, por exemplo, no Réveillon, sai por cerca de R$2 mil, em média, por pessoa. Já em maio, fora de temporada, é preciso desembolsar menos de R$1000 para se divertir por sete dias.
E é bom não esquecer que no início do ano chegam aquelas dívidas pesadas como IPVA, IPTU e materiais escolares. Então a dica é planejar os gastos, talvez deixar aquela tão sonhada viagem para o ano que vem e priorizar agora as despesas mais importantes para não chegar 2010 endividado.

Comentários