O favoritismo do clássico desse domingo (11) era do Atlético. Ainda assim, o Cruzeiro parou o detentor da melhor campanha do Campeonato Mineiro e saiu vitorioso. Resultado justo, na avaliação do técnico Felipe Conceição, que concedeu entrevista coletiva ao término da partida disputada nesse domingo (11), no Mineirão, pela nona rodada do Estadual. 

“Fizemos um grande jogo, contra um grande adversário. Nível de primeiras posições da Série A do Campeonato Brasileiro, como foi temporada passada. Soubemos ser disciplinados suficientes, ter uma entrega que o jogo pedia. Dentro do jogo, o que me deixa mais feliz foi a manutenção do padrão de jogo o tempo todo”, pontuou o técnico. 

Para Conceição, o principal trunfo foi que os jogadores celestes tiverem “coragem e confiança” para manter o estilo de jogo, “independente do adversário”. “Não fugimos das nossas características. Foi a demonstração de força que tivemos. Viemos para isso. Os atletas hoje foram muito disciplinados, tiveram coragem e confiança de manter o padrão. Isso me deixa muito feliz”, destacou. 

Na avaliação do treinador celeste, “disciplina tática, aplicação e dedicação” dos atletas foram “decisivos” para vitória no clássico. “Tivemos coragem de manter o que a gente vem construindo e não mudamos diante de um adversário tão forte. Este foi o caminho. Feliz pela vitória”, disse.

Para Conceição, a vitória no clássico “traz confiança na questão externa e na individual de cada atleta”.  “Do processo, não tenho dúvidas do que estamos construindo. Não temos dúvidas de que vamos entrar fortes na Série B. Já tinha dito isso, mesmo antes deste resultado positivo”, ponderou. 

O Cruzeiro agora mira as atenções para a Copa do Brasil. Na quarta-feira (14), a Raposa encara o América de Natal, às 21h30. Para se classificar, a Raposa precisa da vitória; em caso de empate, o vencedor será definido nos pênaltis. “É outra competição, um jogo só. Em um cenário diferente, que temos que nos preparar”, finalizou Conceição.

Fonte: Itatiaia

Comentários
COMPATILHAR: