O concurso dos Correios oferecerá 6.565 vagas para nível médio e superior em todo o país, sendo que 20% das vagas serão reservadas a deficientes. Haverá também formação de cadastro de reserva. Os salários variam de R$ 706,48 a R$ 3.108,37
A maioria das vagas é para carteiro: 5.344, cargo que exige nível médio. Há ainda 200 vagas para operador de triagem e transbordo, 521 vagas para atendente (ambos para nível médio) e 500 para analista (nível superior).
A diretoria regional dos Correios que oferecerá maior número de vagas é a que compreende os estados do Rio de Janeiro, Espírito Santo e Minas Gerais, com 2.238 vagas. No estado de São Paulo são 1.497 vagas, sendo 790 para a região metropolitana e 707 para o interior.
As inscrições vão até 15 de janeiro, podendo ser feitas pelo site www.correios.com.br ou nos postos de inscrição credenciados (os endereços estão listados nos editais). As taxas variam de R$ 30 a R$ 60. A validade do concurso será de um ano, podendo ser prorrogada por igual período.
Veja abaixo os cargos que serão contemplados no concurso por diretorias regionais e os respectivos salários.

Diretorias Regionais de Minas Gerais, Espírito Santo e Rio de Janeiro (2.238 vagas)
Atendente comercial (R$ 706,48)
Carteiro (R$ 706,48)
Operador de Triagem e Transbordo (R$ 706,48)
Administrador (R$ 3.108,37)
Advogado (R$ 3.108,37)
Analista de Desenvolvimento de Sistemas (R$ 3.108,37)
Arquiteto (R$ 3.108,37)
Assistente Social (R$ 3.108,37)
Engenheiro Civil (R$ 3.108,37)
Engenheiro Eletricista (R$ 3.108,37)
Engenheiro Eletrônico (R$ 3.108,37)
Engenheiro Mecânico (R$ 3.108,37)
Psicólogo (R$ 3.108,37)
Pedagogo (R$ 3.108,37)
Auxiliar de Enfermagem do Trabalho (R$ 902,57)
Enfermeiro do Trabalho (R$ 2.958,60)
Engenheiro de Segurança do Trabalho (R$ 3.108,37)
Médico do Trabalho (R$ 3.108,37)
Técnico em Segurança do Trabalho (R$ 1.392,97)

COMPATILHAR: