PSDB e Democratas consideram retirar a representação contra o senador Renan Calheiros em que ele é suspeito de mandar ex-assessor Francisco Escórcio montar esquema para filmar senadores usando o avião do empresário e ex-deputado Pedrinho Abrão. Os citados como testemunhas negaram o fato. A última delas, o próprio Abrão, disse ao corregedor do Senado, Romeu Tuma, que jamais tratou do assunto com ninguém.

Comentários