A conta de telefone fixo fica mais cara a partir de hoje, segunda-feira (1º). Começa a valer a partir de hoje o reajuste autorizado pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel).
Os percentuais autorizados para cada concessionária foram: Telemar, 1,8321%; BrasilTelecom, 2,1385%; Telefônica, 2,2054%; CTBC Telecom, 2,1692%; Sercomtel; 2,2054%.
A Embratel foi a única que teve a tarifa reduzida, em 1,4811%.
O reajuste vale tanto para a assinatura básica quanto para o minuto. Nas chamadas de longa distância nacional (LDN) e internacional (LDI) o reajuste máximo chegou a 8,06%.O valor do crédito para utilização do telefone público, o orelhão, também foi reajustado em 2,16%, e passa a ser R$ 0,1185. O valor é único em todo o país, segundo informações da Agência Brasil.
De acordo com a Anatel, os índices aprovados foram inferiores aos registrados pelos principais índices inflacionários adotados no país. O IST apresentou uma variação de 2,91%, seguido pelo IPCA (3,18%) e INPC (3,57%). O IGP-DI, índice adotado nos contratos de concessão que vigoraram até 2005, registrou uma variação de 4,38% no período.

Comentários