Representantes da Santa Casa e do Sindicato dos Trabalhadores em Serviços de Saúde de Formiga (STSSF) se reuniram na Superintendência Regional do Trabalho e Emprego em Minas Gerais ? Seção de Relações do Trabalho, em Belo Horizonte, na manhã do último dia 18.
Durante a reunião, uma nova proposta foi apresentada pelo sindicato, que pede vigência das cláusulas sociais relacionadas no ACT em discussão até o dia 28 de fevereiro de 2012 e das cláusulas econômicas até 28 de fevereiro de 2011.
Após a manifestação, os representantes da Santa Casa firmaram um prazo, até 1º de dezembro deste ano, para apreciação e discussão da proposta feita pelo STSSF, junto à mesa administrativa e ao conselho fiscal da instituição, durante Assembléia Geral Ordinária, agendada para o próximo dia 30. Além disso, a administração do hospital se apresentou expressamente contra a instauração do dissídio coletivo de natureza econômica em relação ao período mencionado.

Trajetória
Um novo ACT está sendo negociado entre a Santa Casa e o Sindicato desde o dia 16 de julho, quando foi publicado o arquivamento do Dissídio Coletivo de Trabalho 2009, após o julgamento do processo pelo TRT (Tribunal Regional do Trabalho). Várias reuniões já foram realizadas entre as partes, com o objetivo de solucionar o conflito e encontrar um caminho que beneficie e ampare Instituição e funcionários.

Comentários