Morreu na madrugada desta sexta-feira (15), João Okada, de 99 anos, morador de Divinópolis e ex-combatente da 2ª Guerra Mundial.

De acordo com informações do portal G1, a família disse que a causa da morte está relacionada a um problema nos rins e no pulmão.

O corpo de João será velado e sepultado em Divinópolis. Segundo a família, a previsão é que seja realizado um breve velório, a partir das 15h, no Cemitério Parque da Serra. Ainda segundo familiares, haverá uma homenagem do Exército de Belo Horizonte durante o velório.

A princípio, o ex-combatente estava internado no Hospital São João de Deus, onde foi realizado o teste da Covid-19. O exame deu negativo, segundo a família.

No entanto, devido ao quadro de saúde dele ter se agravado, ele foi transferido para o Hospital Felício Rocho, em Belo Horizonte. O filho dele disse que, de acordo com os médicos, João estava com graves problemas nos rins e também no pulmão. Ele não resistiu e morreu nesta sexta.

João completaria 100 anos no dia 31 de julho. Ele é viúvo e deixa 14 filhos, netos e bisnetos.

2ª Guerra Mundial

João Okada é de descendência japonesa, mas nasceu em São Paulo. Durante a juventude mudou-se para Divinópolis. Ele se casou com uma divinopolitana e constituiu família tendo 14 filhos.

O ex-combatente lutou na 2ª Guerra Mundial, em 1944 durante o período do governo de Getúlio Vargas. O Brasil entrou na guerra aliado aos Estados Unidos. Na época, João lutou contra o Japão para defender o Brasil.

Em 2 de setembro de 1945 foi declarado o fim 2ª guerra. João estava entre os sobreviventes e foi mandado de volta ao Brasil, onde reencontrou a família e morou até a ocasião da morte em Divinópolis.

Fonte: G1

Comentários
COMPATILHAR: