A média móvel de novos casos confirmados de Covid-19 por dia em Minas Gerais atingiu o maior valor desde o início da pandemia no Estado, em março deste ano, nesta semana. 

Conforme dados compilados pelo Termômetro da Covid, do jornal O Tempo, a média chegou a 3.693 casos, ante pico de 3.155,3 entre os dias 6 e 13 de agosto. 

Médias nos últimos dias

  • 04/12 – 3.335,7
  • 05/12 – 3.615,4
  • 06/12 – 3.724,0
  • 07/12 – 3.693,0
  •  

Números por macrorregião

Das 14 macrorregiões mineiras, oito registraram recordes na média: Centro Sul, Jequitinhonha, Leste, Leste Sul, Nordeste, Oeste, Sudeste e Vale do Aço.

  • Minas Gerais – 06/12/2020 – 3.724,0
  • Centro (Belo Horizonte) – 05/08/2020 – 1.253,6
  • Centro-Sul (Barbacena) – 29/11/2020 – 116,0
  • Jequitinhonha – 07/12/2020 – 35,0
  • Leste (Governador Valadares) – 07/12/2020 – 268,0
  • Leste Sul (Ponte Nova) – 06/12/2020 – 187,0
  • Nordeste (Teófilo Otoni) – 07/12/2020 – 196,1
  • Noroeste (Patos de Minas) – 31/08/2020 – 149,6
  • Norte (Montes Claros) – 27/08/2020 – 280,0
  • Oeste (Divinópolis) – 05/12/2020 – 193,7
  • Sudeste (Juiz de Fora) – 07/12/2020 – 465,9
  • Sul (Alfenas) – 22/09/2020 – 339,9
  • Triângulo Norte (Uberlândia) – 02/07/2020 – 668,9
  • Triângulo Sul (Uberaba) – 29/09/2020 – 223,4
  • Vale do Aço (Ipatinga) – 07/12/2020 – 394,7
  •  

Números da Secretaria de Estado da Saúde

De acordo com o boletim epidemiológico da Secretaria de Estado da Saúde divulgado na manhã desta segunda, há 442.186 casos confirmados de Covid-19 em Minas e 10.341 mortes por coronavírus. 

No ranking do Ministério da Saúde, até esse domingo (6), o Estado figurava como segundo mais atingido em relação ao número de diagnósticos no Brasil.

Há apenas um município em Minas – e no país – sem registros da doença, Cedro do Abaeté, região Central do Estado. 

Fonte: O Tempo Online

Comentários