Uma criança de 5 anos morreu em uma batida envolvendo dois veículos na rodovia MGC-120, em Nova Era, na região Central de Minas, no domingo (09). O pai do garoto, de 25 anos, era um dos condutores e estava embriagado no momento da colisão. Ele, assim como o motorista do outro carro, não tinha habilitação e fugiu após o acidente.

A batida deixou outras duas pessoas feridas. Uma delas é o motorista do Gol, de 24 anos, que contou aos militares que seguia no sentindo Nova Era, quando o Fiat Uno invadiu a contramão e bateu na lateral. O homem disse que não conseguiu desviar do veículo para evitar a colisão. Ele estava com a esposa, de 26 anos.

O casal deu entrada no hospital de Nova Era. O homem teve corte no supercílio esquerdo e nos lábios. A companheira dele queixava dor no peito.

Garoto não resiste

A criança estava no Fiat Uno e chegou a ser socorrida e levada para o Pronto Socorro Municipal de Itabira. Apesar dos atendimentos médicos recebidos, ela não resistiu aos ferimentos. O pai do menino fugiu após o acidente e pediu ajuda a duas conhecidas para que elas fossem até a unidade de saúde.

As mulheres contaram aos policiais que o homem apresentava sinais de embriaguez.

Motoristas inabilitados

Durante os trabalhos da perícia, foi descoberto que os veículos apresentavam pneus desgastados. A documentação dos carros estava em dia, no entanto, os dois condutores não possuíam CNH (Carteira Nacional de Habilitação). O motorista do Gol chegou a ser preso em flagrante, mas assinou o Termo de Ciência e Compromisso e foi liberado.

Fuga

O pai da criança chegou a ser procurado no local em que mora, mas não foi encontrado pelos policiais. Familiares, conforme o registro da ocorrência, disseram não saber do paradeiro do homem. Até o encerramento da ocorrência por parte da Polícia Militar Rodoviária, ele não havia sido localizado.

Fonte: Tapiraí Tv

Comentários
COMPATILHAR: