Dados da Secretaria de Estado de Defesa Social (Seds) mostram que o número de crimes violentos registrados em Minas Gerais nos dois primeiros meses de 2014 subiu 29,8%, na comparação com o mesmo período do ano anterior.
Belo Horizonte é o município mais violento, com 2.586 registros, seguido por Contagem, Uberlândia, Betim e Montes Claros. As estatísticas consideram casos de estupro tentado e consumado, extorsão mediante sequestro, roubo, homicídio e tentativa de homicídio, sequestro e cárcere privado.
Em 2014, houve 3.963 registros destes crimes a mais que em 2013, principalmente em janeiro, quando o número de ocorrências chegou a 8.812.
Apesar do aumento no número de crimes violentos, a Seds informou que, em média, 90% dos municípios mineiros registraram quedas nestes índices e mantiveram os dados de 2013. Houve ainda cidades que não registraram nenhum dos sete tipos de crimes violentos no Estado.
Queda no número de homicídios
O número de homicídios registrados na capital mineira em janeiro e fevereiro deste ano caiu 12,8% em relação a 2013, apesar do crescimento na quantidade de crimes violentos.
De acordo com a Seds, enquanto nos dois primeiros meses do ano passado foram registradas 132 mortes na capital, em 2014 esta estatística foi de 115.
Segurança
Até o fim de 2014, serão investidos cerca de R$ 600 milhões na segurança pública de Minas Gerais, segundo informações da secretaria. O efetivo das polícias militar e civil está sendo ampliado, com a contratação de seis mil novos policiais civis, militares e bombeiros.
Cerca de 80% das três mil novas viaturas adquiridas para as instituições de segurança também já foram distribuídas no final de 2013 e continuarão a ser entregues ainda no primeiro trimestre deste ano.

Comentários
COMPATILHAR: