Além da formação profissional, o Centro Vocacional Tecnológico de Nova Serrana (CVT) investe forte em atividades artístico-culturais. Exemplo é o projeto ?Capoeira e Cidadania?, desenvolvido em parceira com a equipe do ProJovem Urbano. Outra ação que merece destaque são os cursos de balé e jazz, ministrados em conjunto com a Secretaria Municipal de Cultura.
O coordenador geral do CVT, professor Willian Barcelos, explica que as atividades são um sucesso. ?Temos alcançado um alto índice de participação, que supera, e muito, as nossas expectativas. Para se ter ideia, as aulas de capoeira, que são ministradas às terças e quintas-feiras, tornaram pequeno o salão de eventos da unidade. Outra atividade bastante prestigiada são as aulas de balé e jazz.?
A capoeira conta com profissionais gabaritados, como o professor Gilson Rodrigues, formado em educação física e com experiência na Europa. O mestre Di, como é conhecido, faz parte do Centro Cultural Monte Sião, que reúne capoeiristas brasileiros, alemães e poloneses. As aulas de dança são realizadas pela bailarina Juliana Maia, formada pelo Movimento para o Ensino de Dança pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), com passagens pela Cia. de Dança Sesiminas/BH, Royal Academy of Dance (Inglaterra) e formação na metodologia cubana com o professor Pablo Monet (primeiro bailarino de Cuba). ?Toda essa experiência repercute no interesse das pessoas. Somente para a seleção de novas turmas, o CVT de Nova Serrana atenderá no dia 19, sábado, cerca de 350 crianças, todas interessadas em fazer parte da escola de dança?, conta Willian.
Os interessados em participar desses e de outros projetos do CVT de Nova Serrana devem se inscrever gratuitamente na unidade, situada à avenida Dom Cabral, 375 ? Jardins do Lago. O horário de atendimento é de segunda a sexta-feira, das 7h às 21 h. Mais informações pelo telefone (37) 3226-5049.

Comentários