Detentos do sistema prisional de Minas Gerais terão a partir desta terça-feira (20) o direito de receber visita de seus advogados também nos fins de semana e feriados. A resolução foi assinada pela Secretaria de Estado de Defesa Social (Seds) e pela Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) seção Minas Gerais. Conforme a normatização da resolução, os presos poderão receber o atendimento dos defensores de 13h às 18h desde que a prisão não tenha ocorrido há mais de cinco dias.
Antes da resolução, a comunicação entre o advogado e seu cliente acontecia apenas de segunda a sexta-feira, das 9h às 18h. Fora dos dias úteis o horário é reduzido, para não interferir na entrada dos visitantes dos demais presos. ?Essa resolução é muito importante para o cidadão. As prerrogativas dos advogados e advogadas são garantias dos direitos de cidadania?, disse o secretário adjunto Denilson Feitoza.
Conforme informações da Seds, não há limite de presos que o advogado poderá visitar no mesmo dia. No entanto, se houver outros advogados aguardando para atender clientes na unidade prisional, o advogado que estiver em atendimento fica restringido a três clientes por vez. Excedido este número, a prioridade de atendimento é dos demais advogados que estejam aguardando.
O presidente da Comissão de Assuntos Penitenciários da OAB/MG, Adilson Rocha, lembrou que a parceria entre a Seds e a OAB teve início em 2006. ?Naquela época era preciso que o advogado agendasse a visita com cinco dias de antecedência. Com a resolução 840 de 2006, foi eliminado esse agendamento, fazendo o atendimento das 9h às 16h, nos dias úteis. Em 2010 alteramos para que o horário fosse estendido, das 9h às 18h. Agora, o Estado dá mais um passo para acabar com a incomunicabilidade do preso?, declarou.
A Seds também anunciou a retomada das construções, em parceria, das salas de atendimento jurídico e parlatórios nas unidades prisionais. As próximas unidades a receberem essas estruturas serão o Centro de Remanejamentos de Presos (Ceresp) Gameleira, em Belo Horizonte, e o Presídio Inspetor José Martinho Drumond, em Ribeirão das Neves, na região metropolitana. As construções serão iniciadas ainda em dezembro. ?A OAB está sempre do nosso lado para tentar melhorar o sistema penitenciário, o atendimento aos presos e aos advogados no sistema prisional?, disse o subsecretário de Administração Prisional, Murilo Andrade de Oliveira.

Comentários
COMPATILHAR: