Redação Últimas Notícias

O Dia Mundial do Meio Ambiente é celebrado nesta sexta-feira (5). Para lembrar a data, a Polícia Militar de Meio Ambiente, unidade Formiga, concedeu uma entrevista ao portal como forma de conscientizar a população sobre o tema.

Na ocasião, os policiais realizaram uma blitz educativa na MG-050, na tarde dessa sexta, entregando aos motoristas panfletos com dicas e sementes de árvores.

Cabo Duarte explicou que o objetivo da Polícia Militar de Meio Ambiente é contribuir para a preservação ambiental. A unidade é vinculada à Polícia Militar e realiza parcerias com as secretarias municipais.

A unidade com sede em Formiga atende 12 municípios: Córrego Fundo, Camacho, Pedra do Indaiá, Formiga, Arcos. Pains, Pimenta, Iguatama, Lagoa da Prata, Moema, Santo Antônio do Monte e Japaraíba.

“Nós temos uma responsabilidade territorial muito grande. O trabalho é realizado 24 horas por dia voltado para a preservação do meio ambiente como a fauna, flora, pesca, recursos hídricos e na regularização de licenciamento ambiental de empresas. Não queremos que as medidas criminais sejam tomadas, desde que as pessoas respeitem e contribuem para a preservação do meio ambiente”.

De acordo com o militar, em relação ao isolamento social, em decorrência da pandemia, a população tem percebido que o meio ambiente tem retribuído positivamente. “Sabemos que o homem contribui positivamente e negativamente para a preservação. A população deve ter essa consciência, que temos que ter uma a água pura para beber, um ar puro para respeitar. São pequenos gestos no dia a dia”.

A Polícia Militar de Meio Ambiente sempre trabalha nas escolas municipais com o Programa de Educação Ambiental (Progea). “Através desse programa levamos para os alunos do 4º ano ações e práticas para a educação ambiental. Já levamos os alunos ao Parque do Jequitibá, no Aterro Sanitário e Saae. Realizamos gincanas, ações lúdicas, teatros, para que eles conheçam essa realidade“, explicou Cabo Duarte, que é o mediador do programa em Formiga.  

Cabo Duarte destacou a importância de evitar as queimadas nesse período seco, pois as pessoas têm o hábito, de queimar o lixo seco, o resto de resíduos e galhos provenientes da poda de uma árvore.

“É importante também evitar manter animais em cativeiro e desperdiçar água e energia elétrica. São pequenas ações que contribuem para uma sociedade melhor”.

A Polícia Militar de Meio Ambiente reforça as dicas para evitar queimadas, pois mata árvores, rios, animais e o solo.

– Não jogue ponta de cigarro na beira da estrada,

– Tomar cuidado com resto de fogueira,

– Não deixe vela acesa próxima a área verde

– Não queimar lixo.

– Não faça queimada sem autorização

– Denuncia qualquer ação suspeita

A Polícia recebe denúncias diariamente sobre crimes ambientais. O telefone é o (37) 3322-1454, ou ainda pelo 190 ou 181.

Comentários
COMPATILHAR: