?Sinto como se ao acordar de manhã tivesse levado uma surra. Levanto mais cansado do que me deito. Dei várias voltas na cama, mas quase não consegui descansar. Estou o dia todo cansado.?
Estes são alguns testemunhos muito frequentes nas consultas de médicos e psicólogos. São de pessoas que chegam com seu cansaço e impotência nas costas, porque querem mas não conseguem descansar bem, o que vai deteriorando sua qualidade de vida. Quase esqueceram o que é ter um verdadeiro sono reparador.
Muitas vezes, o problema não está em sua mente, sistema nervoso ou em algum órgão ou tecido que não funciona bem, mas nos maus costumes ou ideias erradas que têm a respeito do descanso ou em seu desconhecimento de quais são os melhores hábitos e técnicas para que dormir seja sinônimo de descansar.
Segundo explica a fisioterapeuta Esther Cervera Moreda, a musculatura deve relaxar-se o suficiente para aproveitar ao máximo as horas de sono, já que nossa atividade diária e as tensões podem criar dores musculares e articulares que nos tiram o sono.
Por isso é importante seguir uma série de procedimentos naturais, baseados em técnicas de relaxamento, para se preparar para descansar, que pode ser aplicada tanto no colchão como no chão.
?Antes de se deitar é preciso tirar um tempo e realizar exercícios suaves com os braços, como se estivéssemos espreguiçando. Isto pode ser feito sentado ou de pé. Neste último caso, pode-se esticar mais as pernas. É preciso desfrutar, respirando enquanto se estende com intensidade as mãos, os cotovelos, aconselha a especialista.
Exercícios suaves para descansar
Mesmo que não tenha vontade de se espreguiçar, convém tentar, porque os resultados são muito satisfatórios. Também convém deixar que os bocejos venham de forma natural. Esther também recomenda ficar de lado, e uma vez que se esteja totalmente de barriga para cima, voltar a se esticar e se espreguiçar de forma suave, tentando realizar diferentes posições que ajudem a desentorpecer todas as articulações.
Pode-se testar girar a cintura de maneira suave, movendo as pernas para um lado e o tronco para outro, e depois repetindo o mesmo movimento para o outro lado. Outros conselhos da fisioterapeuta são acomodar-se de barriga para cima e dedicar alguns segundos para sentir todo o peso do corpo, assim como abrir a boca intensamente tentando um bocejo.
Algumas empresas especializadas em produtos para esse fim também dão algumas dicas para um bom descanso e se levantar cheio de energia a cada dia. Em primeiro lugar, recomendam manter uma rotina de horários. Ser regular na hora de se deitar e levantar dá estabilidade a nosso organismo, ajuda a relaxar e permite adormecer mais rápido.
Além disso, é preciso arrumar o quarto para o descanso e o relaxamento. Para isso convém mantê-lo bem ventilado, sobretudo antes de ir para a cama, para garantir níveis corretos de umidade. A temperatura ideal é de 18 graus centígrados.
Em relação à postura adotada na cama, segundo os especialistas, existe unanimidade na rejeição da posição de barriga para baixo, já que pode causar lesões e dificultar a respiração. Neil McKenna, fisioterapeuta do Instituto de Reabilitação de Chicago (EUA), aconselha sempre o uso de travesseiros: Se você dorme de lado, é preciso manter as pernas retas e colocar um travesseiro entre os joelhos para aliviar a pressão sobre quadris e costas.
No caso de dormir de barriga para cima, deve-se colocar o travesseiro debaixo dos joelhos, e se é ao contrário, colocá-lo sob o abdômen, acrescentam os especialistas.
O fisioterapeuta Eduardo Zamorano insiste em que a postura ideal para dormir é ?de lado, com os quadris e pernas dobrados, no que se conhece como posição fetal.

Comentários
COMPATILHAR: