O Disque Direitos Humanos (0800 031 11 19), coordenado pela Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social (Sedese) fechou o ano de 2011com mais de 3.174 denúncias. Os crimes contra crianças e adolescentes foram responsáveis por 64% dos relatos. Em seguida, aparecem as denúncias de crimes contra os idosos, correspondendo a 29%. O relatório final do serviço também revela que a violência dentro da própria família, em ambos os casos, é a mais recorrente.
Em um total de 2.038 denúncias, 704 por negligência e abandono, 694 por violência física dentro da própria família e 90 por violência sexual fora do eixo familiar são responsáveis pelo maior número de relatos de crimes contra crianças e adolescentes.
Idoso
Maus-tratos familiares engrossou o número de ligações, 488, para relatar as violações dos direitos dos idosos. No total, foram 917 denúncias. Os crimes contra pessoas com deficiência aparecem em terceiro lugar como os mais denunciados, com 124 ligações.
?O balanço mostra que tivemos um bom retorno da população ao longo de 2011. A cada ação e campanha que divulga o serviço como uma importante ferramenta para combater as violações dos direitos humanos, percebemos a reação da sociedade?, destacou o coordenador do serviço, Jorge Noronha.
Noronha explica que as denúncias são encaminhadas para os respectivos conselhos tutelares, estaduais e delegacias especializadas. De acordo com ele, os casos são apurados cuidadosamente, para que medidas sejam tomadas assim que confirmada a veracidade das informações. Dependendo da gravidade da situação e das vitimas envolvidas, a Policia Militar pode ser acionada imediatamente.
Criado em 2000 pelo Governo de Minas, o Disque Direitos Humanos recebe ligações de todo o Estado sobre qualquer tipo de violação dos direitos humanos. A ligação é gratuita e sigilosa.

Comentários