Na tarde desse sábado (12), no momento em que uma equipe do 10º Batalhão de Bombeiros Militar (BBM) se encontrava no combate a um incêndio em vegetação às margens da MG-050, nas proximidades do Km 121/Bairro Vila Romana, populares interpelaram e relataram aos bombeiros que havia um indivíduo ateando fogo na vegetação mais à frente.

Imediatamente, através do Centro de Operações do Corpo de Bombeiros, foi solicitado apoio da Polícia Militar, que prontamente encaminhou para o local uma equipe para averiguação dos fatos. 

Em ação conjunta dos órgãos, o suspeito foi localizado e preso em flagrante ateando fogo na vegetação.

Ele foi conduzido para a Delegacia, para as providências cabíveis, conforme preconiza a “Lei de Crimes Ambientais”, além do acionamento da Perícia Técnica.

Em seguida, a Guarnição BM deu seqüência no combate ao incêndio, debelando as chamas em seguida.

Foi constatada uma área queimada de aproximadamente dois hectares de vegetação rasteira e algumas espécies arbóreas de pequeno porte.

O 10º BBM ressalta que o sucesso da operação, culminando na prisão do incendiário, se deu mediante a integração dos Órgãos de Segurança Pública. Na Delegacia, foram realizados os trabalhos de perícia para constatação da área queimada.

O Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais adverte:

“Provocar incêndio em mata ou floresta é crime ambiental definido na Lei de Crimes Ambientais, com previsão de pena de reclusão.”

Fonte: Corpo de Bombeiros

Comentários
COMPATILHAR: