Carros da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado de Minas Gerais (Emater-MG) apodrecem há quase três anos em um galpão em Contagem, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. São 68 veículos, a maioria Fuscas e Unos, anos 1995 e 1996, em bom estado de conservação, avaliados em cerca de R$ 500 mil, levando-se em conta o preço de mercado de veículos usados. Todos foram comprados há cerca de 10 anos pelo governo de Minas, com recursos do Ministério do Desenvolvimento Agrário, para utilização pela estatal em todo o estado, sendo retirados de circulação porque não havia viabilidade econômica para consertá-los, segundo informações da Emater. A empresa alega que tem interesse em vendê-los, mas depende de autorização do ministério. O leiloeiro oficial até já foi contratado, mediante processo licitatório mas, sem o aval da União, os carros não podem ser vendidos. É que o convênio para a compra dos veículos não prevê a transferência deles para o patrimônio do estado.
O diretor-financeiro da Emater, Roberval de Andrade, não falou sobre o assunto. A assessoria de imprensa da estatal informou que os veículos devem ser leiloados em três meses. ?A previsão é de que sejam leiloados em fevereiro, mas a alienação ainda depende de autorização do Ministério do Desenvolvimento Agrário. Isso porque foram adquiridos com recursos federais, mediante convênios firmados para a execução de projetos de assistência técnica e extensão rural?, afirmou a Emater em nota.

Avaliação
O Ministério de Desenvolvimento Agrário informou que a doação dos veículos à Emater já foi autorizada, mas ainda falta avaliar e vistoriar os carros, para que eles possam ser vendidos. A empresa disse que a avaliação ainda não foi feita e que não há como informar o valor do lote. O motivo da demora para a concessão da autorização não foi explicado. Enquanto isso os carros estão se deteriorando em um depósito do Palácio dos Leilões, na rua Rio Comprido, em frente à Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais, no Bairro Fernão Dias, em Contagem. Eles estavam em outro galpão da cidade, também pertencente ao Palácio dos Leilões. Recentemente foram levados para o novo local , onde funcionava um depósito da falida construtora Encol.
Em novembro do ano passado, o governo do estado comprou 155 novos veículos para a Emater. A solenidade de entrega dos carros, comprados por R$ 2,7 milhões, com recursos do Tesouro Estadual, foi realizada na Praça da Liberdade, na capital mineira. O objetivo era renovar a frota da Emater, que tinha idade média de 14 anos.

Comentários