A empresa vencedora da concorrência para a construção do Aeroporto de Cláudio, Vilasa Construtora Ltda, fez doações para o senador e presidenciável Aécio Neves (PSDB) na campanha de 2006, quando ele disputou o governo de Minas. No total, de acordo com a prestação de contas entregue à Justiça, foram repassados R$ 67 mil pela empresa ao então candidato.
A doação foi feita dois anos antes de a Vilasa ser homologada no procedimento aberto pelo Departamento de Obras Públicas de Minas (Deop) para as obras aeroportuárias em Cláudio. O valor máximo estabelecido pelo órgão foi R$ 13,5 milhões, mas a construtora ofereceu o menor preço, R$ 13,41 milhões, contra R$ 13,47 milhões da segunda colocada na disputa.
Em 2010, a empresa doou à campanha do ex-governador e hoje candidato ao Senado, Antonio Anastasia (PSDB), afilhado político de Aécio Neves. Segundo a prestação de contas das receitas da campanha no último pleito estadual, R$ 20 mil foram repassados à campanha de Anastasia. Eles foram os únicos candidatos majoritários a receber recursos da Vilasa nas duas eleições.

Comentários
COMPATILHAR: