Desde abril, os profissionais da Santa Casa de Caridade de Formiga desenvolvem o Primeiro Treinamento de Urgência e Emergência.
O treinamento é voltado a enfermeiros e técnicos de enfermagem da instituição e foi idealizado pelas enfermeiras Eliane Morais (Enfermaria de Cuidados Intermediários – ECI) e Josiane Maria (Pronto Atendimento). Segundo elas, desde quando assumiram a coordenação dos setores de urgência, perceberam que os profissionais que atuavam nessas áreas almejavam treinamentos para aperfeiçoarem as técnicas e uniformizarem os atendimentos. ?Unimos-nos para a formulação da ideia e planejamos o curso. Apresentamos o projeto à provedoria e, depois de aprovado, demos início às ações práticas? , contam as enfermeiras.
De acordo elas, as palestras têm duração média de uma hora e meia e são promovidas, quinzenalmente no Centro de Estudos, Pesquisas e Educação Continuada (CEPEC). ?Os encontros acontecem, geralmente, às terças e quintas-feiras, no período noturno, mas podem ser alterados, conforme as necessidades dos convidados, que são médicos e enfermeiros da Santa Casa e de outras instituições? , explicam.
Durante o curso, vários temas serão abordados. Para isso, um cronograma foi disponibilizado aos participantes. As idealizadoras do treinamento detalham que cartazes afixados nos setores e anúncios no som interno da Santa Casa reforçam as datas e temas das palestras. ?Além disso, o material disponibilizado pelos palestrantes é colocado no site da Santa Casa (www.santacasaformiga.org.br) e entregue aos alunos durante a aula, facilitando a aprendizagem e a utilização da teoria vista nos encontros? .
As enfermeiras ressaltam que o treinamento é uma forma de valorizar e motivar os profissionais. ?Percebemos a importância do curso pelo alto índice de adesão dos funcionários. São 60 colaboradores da equipe de enfermagem inscritos, que participam dos encontros assiduamente? , finalizam.

Temas
Os temas trabalhados durante o treinamento são: sistema cardiovascular; sistema respiratório; sistema neurológico; sistema renal; sistema endócrino; bases farmacológicas aplicadas na assistência de enfermagem em emergências; assistência de enfermagem no atendimento de urgência no transporte; emergências traumáticas; sistema gastrintestinal; e emergências pediátricas.

Comentários