Se manifestando contra a atual situação em que se encontra o Brasil, cerca de 440 alunos, do 5º ao 9º ano, e 22 funcionários, entre diretor, vice, orientadores, administrativos e serviçais da Escola Estadual Aureliano Rodrigues Nunes, promoveram uma manifestação na manhã desta quinta-feira (17), demonstrando insatisfação contra a corrupção reinante no país e protestando ainda contra problemas administrativos que assolam o município.

A passeata teve início na escola, localizada no bairro Alvorada, e em caminhada pacífica, teve como destino o Centro da cidade. Os participantes fizeram paradas na praça Getúlio Vargas e em frente à Prefeitura. Com os rostos pintados de verde e amarelo e com faixas pretas, simbolizando luto, os alunos demonstraram que a juventude formiguense também se preocupa com o futuro da cidade e do país.

 

Demos gritos de ordem denunciando a falta de respeito de certos administradores; pelo fim da corrupção no Brasil e fizemos questão de apontar dentre outros, um dos principais problemas em nossa cidade: a falta de cuidados com a limpeza e com o rio Formiga. As pessoas nas ruas batiam palmas e buzinavam nos carros. Tivemos o apoio de toda a população formiguense. É importante movimentos como esse para a conscientização das crianças e adolescentes, que fazem parte da história do nosso país. Antes da passeata, explicamos aos alunos o objetivo desse ato cívico.

Hadailton Silva

Diretor da Escola Aureliano

(Foto: Divulgação/Escola Aureliano)

(Foto: Divulgação/Escola Aureliano)

(Foto: Divulgação/Escola Aureliano)

Comentários