O problema é recorrente. Há alguns anos, volta e meia a rede coletora de esgotos que atende a rua dos Viajantes e a rua Cel. José Gonçalves D’Amarante, extravasa pelos bueiros (PVs) grande quantidade de esgoto, que se espalha pelas pistas de rolamento e se acumula naqueles quarteirões.

Além do mau cheiro, ainda existe o problema de que toda vez que um veículo passa sobre as poças d’águas, algum transeunte corre o risco de ser brindado com um banho de água fétida.

esgoto 1

Os comerciantes e profissionais prestadores de serviço, que mantém escritórios na região, assim como residentes e os pedestres que por ali passam diariamente, comentam que este problema é antigo e poderia ter sido solucionado há muito tempo, caso a administração pública assim resolvesse.

Ouvido pela reportagem o diretor do Saae, Ney Araújo informou que: “realmente aquele problema é sério. A rede de esgoto é muito antiga, tem pouca caída, o que dificulta a vazão e causa entupimentos constantemente. Estamos atentos e dentro do possível procuramos solucionar. Hoje, logo após o almoço recebemos a reclamação, imediatamente enviamos o nosso pessoal e acredito que o restante de água que lá ainda está sobre o pavimento é o que sobrou da lavação que fizemos e que ainda não escoou”, explicou.

esgoto 2

 

 

Redação do Jornal Nova Imprensa

Comentários