A Secretaria de Estado de Saúde (SES) liberou o repasse de R$3 milhões para o Consórcio Intermunicipal de Saúde da Região Ampliada Oeste (Cis-Urg), que fará o gerenciamento do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), que deve iniciar as atividades em abril na região Centro-Oeste.

O valor corresponde a 3ª parcela final do pagamento do convênio (que foi assinado em dezembro de 2015 entre a SES-MG e o Consórcio) totalizando um valor R$ 7 milhões.

O secretário executivo do Consórcio, Márcio Zanardi, destacou que o valor era aguardado para finalização de compras de materiais e equipamentos que já estão sendo distribuídos nas 23 bases descentralizadas e serão usados nas ambulâncias. “Agora esses materias e equipamentos serão comprados e distribuídos. Tudo isso já foi licitado e poderá ser entregue às bases descentralizadas que estão sendo montadas. Aguardamos somente a data de inauguração que será definida pelo governo do estado”, disse.

Os municípios integrados ao Cis-Urg serão os responsáveis pelo custeio do serviço por meio de um contrato no valor de R$500 mil, repassados mensalmente. Já o Governo de Minas Gerais repassará R$2,3 milhões ao mês.

Conheça a Rede Resposta Hospitalar

O Samu atenderá uma população de mais de 1,2 milhão de pessoas que serão direcionadas aos seguintes hospitais: Hospital São João de Deus em Divinópolis; Hospital São Luis em Formiga, Santa Casa de Campo Belo, Hospital São Judas Tadeu em Oliveira, Hospital Manoel Gonçalves em Itaúna, Hospital Nossa Senhora da Conceição em Pará de Minas, Hospital São Carlos em Lagoa da Prata, Hospital Regional São Sebastião em Santo Antônio do Amparo, Hospital Santa Casa de Bom Despacho, Hospital Senhora Aparecida em Luz, Santa Casa de Misericórdia de Santo Antônio do Monte, Santa Casa de Misericórdia de Dores do Indaiá, Santa Casa de Itaguara, Hospital Municipal São Francisco em Iguatama, Santa Casa de Itapecerica, Hospital Nossa Senhora do Brasil em Bambuí, Santa Casa de Misericórdia em Pitangui e Hospital São Gabriel em Passa Tempo.

Samu no Centro-Oeste

O Samu contará com mais de 360 funcionários incluindo médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem e condutores socorristas. Os profissionais trabalharão na área de cobertura que compreende 54 municípios. Eles serão convocados assim que a dada de inauguração for definida.

Já as bases descentralizadas do Samu, onde ficarão as ambulâncias, estão localizadas em 23 municípios, sendo eles: Divinópolis, Pitangui, Arcos, Cláudio, Itapecerica, Luz, Campo Belo, Oliveira, Bom Despacho, Bambuí, Dores do Indaiá, Formiga, Candeias, Carmópolis de Minas, Santo Antônio Monte, Santo Antônio do Amparo, Itaguara, Itaúna, Pará de Minas, Nova Serrana, Martinho Campos, Pimenta e Lagoa da Prata.

 

Fonte: Segov e G1 ||

Comentários