Assunto do dia: Licitações
O vereador Moacir Ribeiro questionou na reunião de segunda-feira (19), o prazo para que a Prefeitura informasse um pedido feito pelos vereadores. No caso, seria a licitação de compras e reformas de móveis, quais as empresas que ganharam tais licitações. Caso o prazo já estivesse extrapolado, o vereador disse que era preciso mostrar o poder que a Câmara Municipal tem. Gonçalo Faria se informou sobre o assunto e explicou que infelizmente, de acordo com a Lei Orgânica Municipal e com o Regimento Interno da Câmara estabelecia o prazo de 30 dias para a administração municipal prestar tais informações e que foi declarado inconstitucional em uma Ação Direta de Inconstitucionalidade (Adin) por parte da Prefeitura. Ou seja, os vereadores não têm nenhum parâmetro que defina os prazos para tais informações. Gonçalo Faria disse que a solução seria continuar cobrando. Moacir Ribeiro ressaltou que ficava triste com uma situação dessas, já que a função do vereador é fiscalizar.
Biblioteca sem internet
O professor Cid Corrêa solicitou à administração municipal que fosse fornecido o acesso da internet na Biblioteca Pública Municipal. Segundo o edil, o estabelecimento está sem net desde novembro passado. Outro pedido do vereador foi que a Prefeitura fizesse a equiparação dos salários dos bibliotecários com o cargo de supervisor da educação, como era feito antigamente.
Dar voltinha com o prefeito
Mazinho falou sobre as condições intransitáveis em várias ruas da cidade. Ele convidou o prefeito Aluísio Veloso para entrar em um carro com ele, em um dia a ser escolhido pelo prefeito, e dar uma ?voltinha? por essas ruas. Caso contrário o colega Tião Buracão pode voltar a dar o ar da graça e executar o seu papel no município.
Ponte em Nova Zelândia
Mazinho pediu informações sobre a paralisação das obras na ponte da zona rural de Nova Zelândia. O edil contou que foi informado que existem no local alguns sacos de cimento para dar continuidade à obra e que o material corre o ?risco de perder?.
Quadra nas costas
O vereador Mauro César contou que o prefeito se comprometeu e o fez por escrito, que até o dia 30 deste mês entregaria a quadra poliesportiva na comunidade de Cunhas. A verba foi conseguida pelo vereador por meio de emenda parlamentar. Eugênio Vilela ?desenterrou? o assunto da construção de um Posto de Saúde lá na quadra no bairro Areias Brancas que foi até motivo de plebiscito. E o edil sugeriu que se colocasse uma quadra pré-fabricada lá em Cunhas, já que ainda faltavam 11 dias para que se expirasse o prazo da promessa. Disse ainda que tudo aquilo tudo era resultado da incompetência, uma vez que a atual administração quer ?abraçar o mundo?. ?Agora o jeito é ele levar a quadra nas costas, lá para Cunhas?, disse.
Na falta de Yogurte, pinto no povo!
Na boca do povo, uma reunião foi realizada para firmar uma parceria com uma conhecida empresa para a viabilização de importante projeto social para o município. Em estudo, a doação de seis pintinhos (ou será pintainhos?) para famílias da periferia, com o município ajudando a financiar a compra da ração, para mais tarde, estas famílias ?beneficiadas? darem continuidade ao projeto, doando um galo e uma galinha para outros beneficiados e assim, sucessivamente. Já tem gente apelidando o projeto de ?Roda dos Pintos? e há quem garanta que dentro de pouco tempo, a cidade estará cheia de galináceos, quem sabe, perambulando pelas nossas ruas e brindando a população com estridentes sons, toda madrugada anunciando o novo dia! E, vez por outra, quem sabe no domingão, que não será só do Faustão, ornamentados e devidamente paramentados, enfeitarão a mesa da turma em lindas comemorações, sabe-se lá em nome de que ou de quem! E a turma dos abatedouros que se f…

Comentários
COMPATILHAR: